Sua dose diária de jardinagem no whatsapp - 100% Grátis Participar do Grupo

22 Árvores de raízes agressivas

Raquel Patro

Atualizado em

Foto de Tim Green
Foto de Tim Green

Você já deve ter ouvido falar que algumas árvores têm raízes agressivas, capazes de destruir tubulações enterradas, calçadas, pavimentos, muros, etc. Eu não acredito que as raízes sejam realmente agressivas, elas não querem o mal, apenas são vigorosas e com crescimento superficial, que engrossam com o tempo e acabam por resultar em efeitos catastróficos nos ambiente urbanos. O que acontece na verdade é uma má escolha das espécies acompanhado muitas vezes de um plantio inadequado. Nem sempre uma árvore bonita, com uma floração espetacular é indicada para áreas calçadas, estacionamentos e pequenos quintais.

Raízes adventícias de Falsa-seringueira. Foto de Mauro Cateb
Raízes adventícias de Falsa-seringueira. Foto de Mauro Cateb

Elas são perfeitas para serem admiradas em toda sua majestade em grandes áreas abertas, como parques, praças e fazendas. Tenha em mente, que mesmo as espécies recomendadas precisam de uma área mínima de absorção de água no canteiro para que não apresentem raízes agressivas no futuro. Além disso, de nada adianta insistir nestas espécies, plantando elas dentro de manilhas de concreto. Você estará desvirtuando a natureza da árvore, prejudicando seu desenvolvimento e ainda assim suas raízes destruirão as manilhas com o tempo, surgindo um pouco mais distantes. Abaixo segue uma lista de espécies de árvores comumente encontradas nas grandes cidades, mas que podem representar um grande inconveniente para as construções e pessoas, seja por suas raízes “agressivas”, seja por frutos grandes e pesados, folhas ou flores escorregadias, desrama natural perigosa, tronco frágil e suscetível a cupins, entre outros problemas. Antes de remover uma árvore por qualquer um destes motivos, solicite a avaliação técnica de um engenheiro agrônomo ou florestal para verificar se realmente há problemas ou se haverá no futuro.

 

Calçamento sendo levantado por raízes de Ficus elastica.
Calçamento sendo levantado por raízes de Ficus elastica.

 

Uma belíssima Tulipeira, pena que é tóxica para as abelhas. Foto de Mauro Guanandi
Uma belíssima Tulipeira, pena que é tóxica para as abelhas. Foto de Mauro Guanandi
  • 1. Salgueiro-chorãoSalix x pendulina: Copa inadequada para as calçadas, atrapalha os transeuntes. À procura de água, os chorões tem tendência a destruir tubulações de água e esgoto enterradas.
  • 2. FlamboyantDelonix regia: Raízes tabulares, muito superficiais e agressivas.
  • 3. FicusFicus benjamina: Atinge grande dimensões. Nunca para de crescer. Apresenta raízes superficiais e adventícias.
  • 4. Paineira-rosaCeiba speciosa: Árvore de crescimento vigoroso, grande porte, que apresenta madeira frágil, tronco recoberto de espinhos. Sujeita à quebra.
  • 5. Pau-formigaTriplaris americana: Madeira leve, raízes superficiais, grandes dimensões e atrai formigas.
  • 6. EucaliptoEucaliptus spp: A maioria das espécies apresenta grande porte, sistema radicular superficial e derrama natural.
  • 7. AbacatePersea americana: Árvore de madeira frágil, com tendência à quebra e que pode atingir grandes proporções. Frutos grandes, que provocam sujeira.
  • 8. MangaMangifera indica: Sistema radicular superficial, frutos grandes que provocam muita sujeira.
  • 9. GuapuruvuSchizolobium parahyba: Árvore de crescimento vertiginoso e porte avantajado. Madeira muito frágil, sujeito à quedas e quebra dos ramos.
  • 10. Pinheiro-do-paranáAraucaria angustifolia: Árvore nativa de grandes dimensões, seu maior problema é a derrama natural. Em locais com muitos exemplares, é indicado um programa de podas para evitar a derrama. Suscetível a cupins.
  • 11. Jaca Artocarpus heterophyllus: Árvore de frutos gigantes que podem causar sérios acidentes, caindo sobre automóveis e ferindo pessoas.
  • 12. Chapéu-de-solTerminalia catappa: Sistema radicular superficial. Copa pode atingir grande proporções.
  • 13. CasuarinaCasuarina equisetifolia: Raízes superficiais.
  • 14. Plátano Platanus x hispanica: Grandes dimensões e raízes superficiais. Exige podas anuais e suas folhas provocam muita sujeira. Tronco suscetível a brocas.
  • 15. TulipeiraSpathodea campanulata: Flores com pólen tóxico às abelhas. Por ocasião da queda, as flores são mucilaginosas e escorregadias. Raízes superficiais.
  • 16. GrevilhaGrevilea robusta: Sistema radicular superficial e vigoroso.
  • 17. TipuanaTipuana tipu: Porte avantajado, raízes agressivas e madeira frágil, que é mais propícia a quebras e cupins.
  • 18. Álamo-negroPopulus nigra: Raízes agressivas.
  • 19. Abricó-de-macacoCouroupita guianensis – Também conhecida como bola-de-canhão. Seus frutos são grande, pesados e mal cheirosos, podem provocar acidentes e muita sujeira.
  • 20. Falsa-seringueiraFicus elastica: Como as outras figueiras, esta apresenta tronco de grande diâmetro, raizes adventícias e superficiais.
  • 21. PinheiroPinus spp: Muitas espécies de grande porte, suscetível a cupins e com derrama natural.
  • 22. JambolãoSyzygium jambolanum – A queda dos pequenos frutos provoca muita sujeira em calçamentos, áreas de estacionamento e em automóveis.
Figueiras de diferentes espécies são conhecidas por destruir construções.
Figueiras de diferentes espécies são conhecidas por destruir construções. Templo em ruínas.
Perigosos e mal-cheirosos. Os frutos da Abricó-de-macaco são verdadeiras balas de canhão. Foto de Wendy Cutler
Perigosos e mal-cheirosos. Os frutos da Abricó-de-macaco são verdadeiras balas de canhão. Foto de Wendy Cutler

+ 16 Espécies Árboreas de Raízes Agressivas (atualizado!)

  1. Bordo-norueguêsAcer platanoides: Valorizado pela robustez e densa folhagem que proporciona sombra intensa, mas seu sistema radicular superficial pode danificar calçadas e tubulações, além de inibir o crescimento de outras plantas ao seu redor devido à intensa sombra.
  2. Falsa-acáciaRobinia pseudoacacia: Com madeira extremamente dura e resistente, pode se tornar invasiva devido às suas fortes raízes e brotos, dificultando o controle em ambientes urbanos.
  3. Pereira-de-BradfordPyrus calleryana ‘Bradford’: Atraente por sua forma e flores brancas na primavera, tem problemas com madeira frágil que quebra facilmente em tempestades e seu caráter invasivo.
  4. PlátanoPlatanus occidentalis: Valorizado por sua majestosa presença e generosa sombra, suas raízes superficiais podem danificar infraestruturas urbanas, e suas grandes folhas podem obstruir sistemas de drenagem.
  5. LiquidâmbarLiquidambar styraciflua: Conhecida por sua bela cor no outono, as sementes espinhosas que caem representam um incômodo para áreas de circulação e lazer, e suas raízes podem danificar pavimentos.
  6. Figueira-de-bengalaFicus benghalensis: Impressionante em tamanho e beleza, suas raízes aéreas e extenso sistema radicular podem causar sérios danos a construções e pavimentos, requerendo amplo espaço para seu crescimento adequado.
  7. Plátano-de-sombraPlatanus × acerifolia: Um híbrido resistente à poluição, comum em ambientes urbanos, porém seu grande porte, sistema radicular expansivo e a necessidade de poda frequente representam desafios em espaços urbanos limitados.
  8. Choupo-americanoPopulus deltoides: Conhecido pelo crescimento rápido e grande porte. Suas raízes agressivas podem danificar calçadas e fundações. A madeira frágil aumenta o risco de quebras durante tempestades.
  9. Álamo-de-dentes-grandesPopulus grandidentata: Esta árvore possui um sistema radicular robusto que apresenta desafios em ambientes urbanos. A seleção cuidadosa do local de plantio é necessária para evitar danos à infraestrutura.
  10. Álamo-trêmuloPopulus tremuloides: Notável pelas folhas que tremem ao vento, possui um sistema radicular superficial e expansivo que pode interferir em superfícies pavimentadas. Ele se prolifera, podendo invadir áreas.
  11. Carvalho-canadenseAcer saccharinum: Valorizado por seu crescimento rápido e folhagem prateada, suas raízes expansivas podem danificar calçadas e tubulações subterrâneas. Sua madeira é também um tanto frágil, representando um risco durante ventos fortes.
  12. CanforeiroCinnamomum camphora: Árvore de crescimento rápido e folhagem densa, conhecida por suas raízes agressivas que podem causar danos a construções e pavimentações. Sua madeira é aromática, mas a árvore pode tornar-se invasiva em alguns ambientes.
  13. Álamo-prateadoPopulus alba: Com raízes superficiais e extensas, o álamo branco pode levantar calçadas e danificar infraestruturas urbanas. Sua copa ampla e folhagem prateada são decorativas, mas requerem espaço adequado para crescimento.
  14. Bétula-dos-andesAlnus acuminata: Esta espécie, adaptável a diferentes condições de solo, tem um sistema radicular profundo que pode ser menos invasivo. No entanto, é importante considerar sua altura e potencial de crescimento ao plantar em áreas urbanas.
  15. TipuanaTipuana tipu: Árvore de grande porte e crescimento rápido, possui raízes que podem ser agressivas para calçadas e estruturas próximas. Sua floração amarela é espetacular, mas requer planejamento cuidadoso do local de plantio.
  16. MagnóliaMagnolia grandiflora: Conhecida por suas grandes e perfumadas flores brancas, esta magnólia pode atingir grandes dimensões, necessitando de espaço suficiente para desenvolvimento. Suas raízes, embora menos agressivas que as de outras espécies listadas, ainda requerem atenção ao serem plantadas próximas a construções.
  17. Figueira-liraFicus lyrata: Essa bela árvore que vem fazendo grande sucesso em ambientes internos, a exemplo do Ficus (Ficus benjamina), poderá se tornar um grande problema no futuro, uma vez que as pessoas tendem a plantar árvores grandes demais para interiores no jardim. Como muitas espécies de figueiras, o Ficus lyrata possui sistema radicular invasivo e superficial, com grande potencial para destruir pavimentações e estruturas enterradas.

Apesar do desafio das raízes agressivas nos lembrar da necessidade de cautela na escolha de espécies de árvores para ambientes urbanos, tenha em mente que a solução definitivamente não reside em abolir a presença das árvores das nossas cidades. Pelo contrário, uma seleção criteriosa e informada de árvores pode mitigar esses problemas, permitindo-nos desfrutar plenamente dos seus inúmeros benefícios.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

As árvores urbanas são vitais para a redução da poluição do ar, oferecem sombra que diminui o efeito de ilha de calor, incrementam a biodiversidade e melhoram significativamente o bem-estar psicológico dos habitantes da cidade. Estes benefícios ecológicos e sociais reforçam a importância de integrar árvores na paisagem urbana, mas de uma maneira que equilibre as necessidades do ambiente construído com as da natureza. Fazendo escolhas informadas e conscientes, podemos criar espaços urbanos que sejam tanto verdes quanto habitáveis, garantindo que as gerações futuras herdem cidades sustentáveis, resilientes, futuristas e repletas de vida.

Árvores de raízes superficiais desenvolvem todo o seu esplendor em grandes áreas onde podem formar esculturas no solo.
Árvores de raízes superficiais desenvolvem todo o seu esplendor em grandes áreas onde podem formar esculturas no solo. Ficus benjamina.

Veja também: 35 Árvores ideais para calçadas


Já pensou em abrir a porta de casa e dar de cara com um jardim espetacular que parece ter saído diretamente de uma revista? Seja sincero, quem não queria?

E aí, já tá imaginando o upgrade que seu jardim vai ganhar? Cada vez que você botar a mão na terra e ver o resultado crescendo e florindo, vai sentir aquela satisfação de "puxa, eu que fiz!". "101 Técnicas de Jardinagem Explicadas" não é só um livro, é tipo um melhor amigo pra quem ama plantar e cuidar.

Bom, com o eBook 101 Técnicas de Jardinagem Explicadas, esse desejo pode virar realidade, e acredite, mais fácil do que você imagina. Tá começando do zero ou já tem a mão meio verde? Não importa! Este guia foi feito pensando em todo mundo. Aqui dentro, você vai achar mais de 600 páginas cheias de ilustrações que falam por si só, com instruções detalhadas que vão desde o básico até o avançado. Já pensou em quanta coisa nova você vai aprender e aplicar aí no seu cantinho verde?

Quer ter a alegria de comer frutas que você mesmo plantou? Ou que tal ver flores que mais ninguém tem, colorindo seu jardim e perfumando sua casa? Pois é, esse eBook entrega isso e muito mais. Bora dar esse passo e transformar seu espaço ao ar livre num verdadeiro oásis particular? Pega seu exemplar agora e vamos nessa jornada juntos! E aí, preparado pra ver seu jardim virar capa de revista?

Oferta por tempo limitado!

DE R$ 59,90 POR APENAS

R$ 19,90 à vista

Sobre Raquel Patro

Raquel Patro é paisagista e fundadora do site Jardineiro.net. Desde 2006, ela desenvolve conteúdos especializados em plantas e jardins, pois acredita que todas as pessoas, sejam amadores ou profissionais, devem ter acesso a conteúdos de qualidade. Nerd de carteirinha, ela gosta de livros, ficção científica e tecnologia.