Flamboyant – Delonix regia

O flamboyant é considerado uma das árvores mais belas do mundo, devido ao colorido intenso de suas flores. Frondosa, ela possui tronco forte e um pouco retorcido, podendo alcançar cerca de 12 metros de altura. Sua copa é muito ampla, em forma de guarda-chuva, e pode ser mais larga do que a própria altura da árvore. As folhas são bipinadas (recompostas) formadas por 10 a 15 pares de folíolos, cada um dos quais contém 12-20 pares de folíolos oblongos e sésseis.

As inflorescências, em rácemos, surgem quando a árvore perde as folhas e são compostas por flores grandes, vermelhas ou alaranjadas. Cada flor apresenta cálice com 5 sépalas e corola de 5 pétalas, com longos estames. Os frutos são do tipo vagem, planos, lenhosos e grandes, com cerca de 45 cm de comprimento, e ficam marrons quando maduros. A floração ocorre na primavera e verão. Ocorre ainda uma variedade de flamboyant chamada “Flavida”, que possui as flores completamente amarelas.

As raízes do flamboyant são bastante agressivas, com parte delas acima da superficie, tornando-a imprópria para a ornamentação de calçadas, ruas ou próximo à tubulações de água, esgoto, paredes e até mesmo fiação elétrica. Sua beleza se destaca quando plantada isolada ou em pequenos grupos em áreas extensas, como parques, praças e jardins extensos de residências, indústrias e sítios. Como é tolerante a salinidade do solo pode ser utilizada no litoral também.

Seu crescimento é bastante rápido, chegando a 1,5 metros por ano até a idade adulta em regiões de clima quente. Dependendo da região onde é plantado, o flamboyant pode apresentar-se como árvore decídua ou semi-decídua. Ela perde toda sua folhagem em locais com estações bem marcadas e inverno preferencialmente seco. Em regiões de alta umidade ou onde não há muita diferença entre o inverno e o verão ela geralmente é semi-decídua.

Deve ser cultivado sob pleno sol, em solo fértil, com irrigações periódicas no primeiro ano. Tolerante a estiagem, porém não tolera frio intenso, sendo apropriada a regiões de clima tropical, subtropical e equatorial. Multiplica-se por estacas semilenhosas ou sementes. As sementes de flamboyant apresentam leve dormência tegumentar que pode ser quebrada com escarificação de uma das extremidades ou imersão em água quente (80ºC) por 5 a 10 minutos. A germinação ocorre em cerca de duas semanas após o plantio.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

14 comments on “Flamboyant – Delonix regia

  1. Além de linda seu crescimento é realmente muito rápido, já cresceu 20 cm, desde o plantio da muda, dado neste inicio de novembro! Ansiosos aqui em casa para vê-la crescer!

  2. Plantei no último dia de 2015,hoje ela já está com uns 20 cm.Moro no sul do país e mantenho ela exposta apenas ao sol da manhã e rego periodicamente.Ansioso para vê-la com flores.

  3. Plantei um flamboyant amarelo, a partir de sementes tiradas diretamente das favas da árvore: após um ano, plantei algumas (após imersão em água a 80 oC), mas, apenas duas nasceram e só uma vingou. Replantada em vaso com 15 cm x 20 cm (diâmetro x altura), a muda cresceu rápido até 1,0m de altura x 3 cm de diâmetro e… parou! Três ou quatro meses depois, replantei o torrão completo em vaso grande de 40 cm x 35 cm, em terra com húmus, misturada com um pouco de torta de mamona. Já faz mais de 4 meses e … nada! Achei que a primavera resolveria o caso!!! Algumas folhas amarelaram e caíram, restam só 4 folhas ainda verdes!
    Alguém pode dizer o que fazer ou onde errei?

  4. Trouxe uma semente de Flamboyant de um hotel em Varadero, Cuba. Ele atingiu 1 metro 90 porém no inverno de 2016 ele nao aguentou o duro inverno desta regiao. Moro em Santana do Livramento, fronteria como o Uruguai e fiquei decepcionado. Agora estou curtindo outra planta de flamboyant que consegui e vou tentar cuidar do inverno cobrindo a pequena planta com nylon para que durante os meses de frio possa evitar mais uma perda. O que mais devo fazer para cuidar do crecimento da árvore?

  5. Meu pé de fambloyant está como as raises muito pra fora do chão. Gostaria de saber se posso fazer um aterro? E adiantaria alguma coisa.

  6. Não se recomenda adicionar terra sobre as raízes de nenhum tipo de árvore. Além disso, as raízes superficiais são uma característica dos Flamboyants.

  7. Olá!
    O Flamboyants, se adaptam bem ao clima do cerrado? temos um lago no condomínio e esta arvore da bastante sombra.

  8. Se adaptam muitissimo bem ao cerrado. Aqui em Cuiaba tem muitas delas de todo tamanho. O ideal e providenciar um canteiro fertil. Peguei uma muda num viveiro com 1,5 ha pouco mais de 2 anos e ja passa de 4 m de altura!!

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.