Sua dose diária de jardinagem no whatsapp - 100% Grátis Participar do Grupo

Magnólia-branca

Magnolia grandiflora

Raquel Patro

Atualizado em

A magnólia-branca (Magnolia grandiflora)tem sua origem no sudeste dos Estados Unidos e é cultivada em diferentes regiões subtropicais por suas flores chamativas e folhagem perene. Com um porte médio, ela alcança impressionantes 18 a 30 metros de altura, o que a torna uma escolha magnífica para projetos de paisagismo de grande escala.

O tronco da Magnolia grandiflora é forte e retilíneo, com um diâmetro que varia de 60 a 90 centímetros. Os ramos desta árvore se espalham de maneira harmoniosa, formando uma copa ampla e piramidal, que não apenas proporciona sombra, mas também adiciona uma estrutura arquitetônica ao ambiente. Além disso, a densa copa torna-se uma habitat favorável para nidificação de diversas espécies de aves e abrigo para pequenos mamíferos, enriquecendo a biodiversidade local.

Detalhe do fruto. Foto de Tatters

Suas folhas são igualmente impressionantes. Grandes, obovadas e simples, estas folhas coriáceas apresentam uma superfície superior brilhante e verde escura. Em contraste, a face inferior é de um tom ferrugíneo e tem uma textura pubescente. Essas folhas, ao caírem, formam um denso tapete sobre o solo, que tem uma decomposição bastante lenta. Este aspecto é vital, pois impede o crescimento de forrações e ervas daninhas, criando um efeito de cobertura natural (mulching) e contínuo ao redor da árvore.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A floração da magnólia-branca, que ocorre na primavera, é um espetáculo à parte. Suas flores são gigantes e brancas, alcançando até 30 cm de diâmetro. São flores terminais, que exalam um intenso aroma cítrico, cativando não apenas o olfato, mas também a visão. O fruto subsequente, uma pinha ovóide e deiscente, contém numerosas sementes vermelhas a violáceas, adicionando ainda mais interesse visual à planta.

É interessante destacar que a Magnolia grandiflora possui uma diversidade notável, com mais de 100 cultivares disponíveis. Estas variam em termos de forma da copa, resistência ao frio, porte e, inclusive, tamanho das flores, com algumas chegando a ter flores de até 36 cm de diâmetro. Esta diversidade oferece aos paisagistas uma ampla gama de opções para diferentes projetos e ambientes.

No paisagismo de regiões subtropicais, a magnólia-branca é uma escolha interessante, principalmente em locais que necessitam de sombra constante e proteção durante todas as estações. A cor escura de sua copa fornece um contraste excelente com outras espécies do jardim, criando um efeito visual marcante. A planta é versátil, podendo ser usada isoladamente, em linhas ou em grupos, dependendo do efeito desejado no projeto paisagístico.

Adicionalmente, a Magnolia grandiflora se adapta bem a solos úmidos ou encharcados, o que é um benefício em áreas com problemas de drenagem. Para seu cultivo ideal, recomenda-se a exposição ao sol pleno. O solo deve ser fértil, profundo e enriquecido com matéria orgânica, e é essencial uma irrigação regular nos primeiros anos de implantação. Uma vez estabelecida, torna-se uma árvore longeva e resistente, inclusive a períodos de estiagem.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Outro ponto a ser destacado é a capacidade desta árvore de se adaptar a diferentes ambientes, incluindo regiões litorâneas e centros urbanos com alta poluição do ar. Isso é graças às suas folhas resistentes, que são recobertas por uma grossa camada cerosa, um traço adaptativo notável.

Quanto à sua resistência ao frio, a magnólia-branca tolera geadas leves, mas não é adequada para climas extremamente frios, com exceção de alguns cultivares selecionados para essa finalidade. No que tange à sua propagação, a árvore se multiplica por sementes, que têm uma taxa de germinação de cerca de 50%. Para as cultivares específicas, a propagação é vegetativa, realizada por enxertia sobre mudas-cavalo produzidas a partir de sementes, para preservação das características da cultivar.


Já pensou em abrir a porta de casa e dar de cara com um jardim espetacular que parece ter saído diretamente de uma revista? Seja sincero, quem não queria?

E aí, já tá imaginando o upgrade que seu jardim vai ganhar? Cada vez que você botar a mão na terra e ver o resultado crescendo e florindo, vai sentir aquela satisfação de "puxa, eu que fiz!". "101 Técnicas de Jardinagem Explicadas" não é só um livro, é tipo um melhor amigo pra quem ama plantar e cuidar.

Bom, com o eBook 101 Técnicas de Jardinagem Explicadas, esse desejo pode virar realidade, e acredite, mais fácil do que você imagina. Tá começando do zero ou já tem a mão meio verde? Não importa! Este guia foi feito pensando em todo mundo. Aqui dentro, você vai achar mais de 600 páginas cheias de ilustrações que falam por si só, com instruções detalhadas que vão desde o básico até o avançado. Já pensou em quanta coisa nova você vai aprender e aplicar aí no seu cantinho verde?

Quer ter a alegria de comer frutas que você mesmo plantou? Ou que tal ver flores que mais ninguém tem, colorindo seu jardim e perfumando sua casa? Pois é, esse eBook entrega isso e muito mais. Bora dar esse passo e transformar seu espaço ao ar livre num verdadeiro oásis particular? Pega seu exemplar agora e vamos nessa jornada juntos! E aí, preparado pra ver seu jardim virar capa de revista?

Oferta por tempo limitado!

DE R$ 59,90 POR APENAS

R$ 19,90 à vista

Sobre Raquel Patro

Raquel Patro é paisagista e fundadora do site Jardineiro.net. Desde 2006, ela desenvolve conteúdos especializados em plantas e jardins, pois acredita que todas as pessoas, sejam amadores ou profissionais, devem ter acesso a conteúdos de qualidade. Nerd de carteirinha, ela gosta de livros, ficção científica e tecnologia.