Paineira-rosa – Ceiba speciosa

A paineira-rosa é uma árvore bastante popular, e isto se deve principalmente à sua beleza extraordinária e seu curioso fruto. O tronco é cinzento-esverdeado e recoberto de acúleos grandes e piramidais. A madeira da paineira-rosa é bastante leve, mole e pouco resistente, além de não ter boa durabilidade. Pode ser utilizada na confecção de calçados, caixotaria, celulose e artesanato. As folhas são compostas palmadas, com 5 a 7 folíolos. As flores pintalgadas de vermelho, podem se apresentar em diversas tonalidades de rosa, de acordo com a variedade.

O fruto é bastante grande e se abre quando maduro, liberando boa quantidade de paina-sedosa, entremeada com as sementes que são carregadas pelo vento. A paina é uma fibra fina e sedosa, mas pouco resistente, não de grande proveito na confecção de tecidos, mas como preenchimento de travesseiros, almofadas e pelúcias.

A paineira-rosa é uma planta excelente para o paisagismo de grandes áreas, como parques e jardins públicos, devido ao seu rápido crescimento, rusticidade e beleza. A floração é intensa e ocorre no verão e outono, com a árvore semi ou completamente despida de sua folhagem.

A paineira-rosa é uma árvore tropical, mas tolera o frio, desde que não seja muito intenso. Deve ser cultivada em solos férteis irrigados a intervalos regulares, sempre sob sol pleno. Multiplica-se facilmente por sementes, que germinam e se desenvolvem rapidamente. Pode se multiplicar por estacas, embora mais raramente, sendo este método empregado em regiões muito frias.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

2 comments on “Paineira-rosa – Ceiba speciosa

  1. Na minha escola tem duas árvores (paineira rosa). Um produz frutos e outra não. Uma tem espinhos outra não. Sei que uma é macho e outra fêmea e são lindas nessa época do ano. Estão floridas. Ela sempre anunciam a estação do outono e eu as uso para ilustrar minhas aulas de Geografia.
    Já fiz uso curiosamente da flor, comendo duas pétalas e não tive nenhum sinal de efeito colateral. Fiz isso a partir de ver os porcos disputando as flores que caiam no chão. Coisas de gente doida mesmo.
    Lindas são suas flores.

  2. Gostei do seu comentário Hiran Gonçalves, até porque próximo da minha casa também tem uma paineira que acredito ser do gênero macho, pois não dá frutos.

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.