O Jardim em Azul

falso-íris
Falso-Íris

Continuando nossos projetos de jardins, falaremos sobre a cor azul no jardim. Alguns anos atrás, era muito difícil conseguir plantas que tivessem flores azuis, as poucas disponíveis eram centáureas (Centaurea cianum), tumbérgias (Thunbergia grandiflora), saudade (Scabiosa sp ) e poucas mais. Com a entrada de plantas oriundas de outros países temos agora uma profusa oferta de plantas com flores desta cor. Seu uso no jardim deve ser estudado com cuidado para torná-lo belo e surpreendente.

Que tal ganhar dinheiro fazendo o que mais ama?

Jardinagem e Paisagismo

Se você adora estar entre as plantas e sujar as mãos de terra como eu, pode transformar a sua vida agora mesmo através da profissionalização. Seja feliz hoje, não deixe para depois.

A cor azul, segundo a teoria das cores, é uma das cores primárias assim como o amarelo e o vermelho. Suas cores suplementares no disco são o verde e o violeta, ambas as combinações do azul com o amarelo e o vermelho, respectivamente. Seu oposto complementar é o laranja e suas gamas encadeadas que vão do amarelo escuro ao quase vermelho. Mas o que interessa isto para quem planeja o jardim, como aplicar este antigo conhecimento escolar nas plantas?

Como dissemos, a cor azul é suplementar ao verde, a colocação de plantas de folhagem azuladas no jardim, terá um acento interessante, como as coníferas de folhas azuladas, como o junípero-rasteiro (Juniperus horizontales). Verdes escuros, verdes claros, verde variegado, verdes azulados em tamanhos, formas e textura de folhas, fazem o maciço verde do jardim. E as flores? Flores azuis, do mais claro ao quase roxo, continuam sendo suplementares do verde e, portanto não há surpresas, contrastes, mas harmonia e descanso visual. E monotonia. Sem espetáculo.

Que tal ganhar dinheiro fazendo o que mais ama?

Jardinagem e Paisagismo

Se você adora estar entre as plantas e sujar as mãos de terra como eu, pode transformar a sua vida agora mesmo através da profissionalização. Seja feliz hoje, não deixe para depois.

Quero saber mais

Ah, mas então não podemos usar flores azuis? Claro, com certeza, mas vamos surpreender o espectador, usar flores brancas, diversos tons de azuis até o roxo, e colocar esparsas pelo jardim plantas com flores em laranja, amarelo forte, algumas púrpuras. Se o jardim é pequeno, colocar um vaso, no chão ou pendente, com anuais de estação, que poderão ser trocadas por outras, energizando o jardim com sua cor. 

E assim poderemos planejar o jardim, com as plantas que terão formas, textura e cor de folhagem a maior parte do ano, com inserções de plantas que florescem em estações diferentes e brindam ao visitante com o espetáculo colorido de suas flores.

Sugestão de Espécies:

  • Jacarandá (Jacaranda mimoseifolia) – Árvore, florescimento final da primavera início de verão.
  • Quaresmeira (Tibouchina sp)Arbusto de flores azuis, rosa lilás, roxas, florescimento no outono.
  • Falso-íris (Neomarica caerulea) – Flores azuis, brancas, florescimento da primavera ao outono.
  • Hortênsia (Hydrangea sp) – Arbusto, flores rosas, avermelhadas e diversos tons de azuis, florescimento no início do verão até o início do outono.
  • Lobélia (Lobelia sp) – Herbácea rasteira de cobertura vegetal e bordadura, florescimento da primavera ao fina do verão.
  • Agapanto (Agapanthus africanus) – Herbácea de flores brancas de vários tons de azul, florescimento no verão, ótimo para bordas de lagos e depressões do terreno.
  • Glicínia (Wisteria sinensis) – Trepadeira com belas flores em branco e lilás em cachos pendentes, floresce na primavera.
  • Tumbérgia-azul (Thunbergia grandiflora) – Trepadeira de flores brancas ou azul-violeta em forma de sino, floresce na primavera – verão.
  • Anchusa (Anchusa sp) – Herbácea rasteira para cobertura vegetal e bordadura, também para jardins rochosos, floresce na primavera.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.