Espada-de-são-jorge – Sansevieria trifasciata

Herbácea de resistência extrema, excelente para jardins de baixa manutenção. No entanto seu crescimento é um pouco lento. Suas folhas são muito ornamentais e podem se apresentar de coloração verde acinzentada e variegadas, com margens de coloração branco-amareladas, todas com estriações de um tonalidade mais escura. As flores brancas não tem importância ornamental. É uma planta de utilização bastante tradicional e a cultura popular recomenda como excelente protetor espiritual.

Devem ser cultivadas à pleno sol ou meia-sombra, em vasos ou em maciços e bordaduras. Resiste tanto à estiagem, como ao frio e ao calor, além de ser pouco exigente quanto à fertilidade. Multiplica-se por divisão de touceiras, formando mudas completas com folhas, rizoma e raízes.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

  • Gabriela Salomão

    Achei muito bom, porém em questão da luminosidade não só essa espécie mas uma crítica na maneira como é escrito no site, é muito resumido. Poderia explicar melhor com exemplos de lugares e situações. Obrigada

  • Guilherme Alves

    Há muito o que se falar dessa espécie como por ex. a espada-de-são-jorge limpa do ar: benzeno, metanal (formol), tricloroetileno, xileno e tolueno. E produz oxigenio durante a noite. Sendo assim, muito utilizada e conhecida como uma das plantas que purificam o ar.