Trepadeira-de-arco – Pandorea jasminoides

A derivação do nome Pandorea é uma referência à caixa de Pandora, de onde saíram todos os males da humanidade na Mitologia Grega, em alusão às muitas sementes que os frutos da planta contêm. A trepadeira-de-arco, como é conhecida, é uma trepadeira semi-lenhosa de ramos longos e folhas compostas, divididas em 7 folíolos, de coloração verde-escura e textura coriácea.

As flores surgem em cachos, são grandes, tubulares, perfumadas e podem ser brancas ou róseas, com a garganta rósea em uma tonalidade mais escura. Ocorre ainda uma forma ‘Alba’, de flores totalmente brancas. Os frutos são elípticos, e contém numerosas sementes aladas.

É comumente utilizada para cobrir arcos, pérgolas, portões, cercas e treliças, conferindo um ar romântico à paisagem. Não é muito apropriada ao litoral, pois é prejudicada pelo vento, que danifica suas flores. A floração pode se estender por todo o ano, mas é mais abundante nos meses quentes.

Devem ser cultivadas a pleno sol, em solo fértil, e rico em matéria orgânica e com regas regulares. Seu crescimento é moderado. Tolera a meia-sombra e aprecia o frio subtropical. Multiplica-se por sementes e estacas.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

2 comments on “Trepadeira-de-arco – Pandorea jasminoides

  1. Fiquei conhecendo uma variedade variegata no viveiro da Fruticultura Viçosa – Viçosa MG

  2. Tenho uma dessas trepadeiras a que chamam JASMINÓIDE (PANDÓREA) … em Lisboa Portugal ! E julgo que é uma coisa maravilhosa porque ela sózinha enfeita um arco e uma parede de 10 metros !

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.