Tomate – Solanum lycopersicum

O tomateiro é uma das plantas hortícolas mais cultivadas no mundo todo. Seu fruto, o tomate, é amplamente utilizado na culinária de diversos países. Ele pertence à mesma família das batatas, do tabaco, dos pimentões e das berinjelas. Seu caule é de textura herbácea a semi-herbácea, ramificado, rasteiro ou trepador, flexível e recoberto por numerosos tricomas simples e glandulares. Inicialmente é ereto, mas gradativamente se torna prostrado, devido ao peso das ramas. Seu comprimento varia de 1,2 a 2,5 metros em média. As folhas são alternas, pecioladas, pinadas e com margens dentadas. As flores, agrupadas em número de 3 a 12, surgem em inflorescências do tipo cimeira e são amarelas.

O tomate é um fruto do tipo baga, e pode ter o formato, redondo, oblongo, achatado ou piriforme. Sua cor varia do verde, passando pelo amarelo, laranja, rosado, até o vermelho vivo, de acordo com a cultivar, sendo que pode apresentar um padrão liso ou com estrias. Há grande variação também no tamanho dos frutos, que podem ser pequenos, como na variedade cereja ou bem grandes, na coração-de-boi, podendo chegar a 750 gramas. No interior dos frutos carnosos se encontram as sementes, numerosas, pequenas, achatadas, envoltas por uma polpa gelatinosa e separadas em lóculos, que variam em número de acordo com a variedade.

O tomate apresenta sabor adocicado e levemente ácido, e pode ser apreciado de diversas maneiras. Ele pode ser consumido cru, cozido, assado ou desidratado; em diversas preparações como em sucos, saladas, molhos, sopas, drinks, polpas, geléias, catchup, tomate seco, etc. Sua cor vibrante e sabor inigualável conquistou o paladar de diversos povos. Rico em licopeno, vitaminas A, B e C, carotenóides e minerais, o tomate é nutritivo e contém propriedades antioxidantes.

O tomateiro se adapta à uma ampla variedade climática, podendo ser plantado em hortas e vasos, ao ar livre ou em estufas. Basta para isso escolher a cultivar mais apropriada ao clima, à estação do ano e ao paladar. É uma planta interessante para o aprendizado do jardineiro iniciante, pois é sujeita à uma grande variedade de doenças e pragas e exige cuidados e manejos constantes até a colheita. As crianças se beneficiam do aprendizado sobre a natureza e o ciclo das plantas ao plantar tomateiros, além disso poderão saborear o fruto do seu próprio trabalho.

Semana da Jardinagem

Inscrições Abertas

Se você ama plantas e jardins, quero te convidar para participar do evento 100% online e gratuito, onde você vai aprender como se tornar um mestre da jardinagem, conquistando o jardim dos seus sonhos, em apenas 60 dias. A Semana da Jardinagem vai do dia 02 ao dia 06 de Março. Inscreva-se!

Semana da Jardinagem

Inscrições Abertas

Se você ama plantas e jardins, quero te convidar para participar do evento 100% online e gratuito, onde você vai aprender como se tornar um mestre da jardinagem, conquistando o jardim dos seus sonhos, em apenas 60 dias. A Semana da Jardinagem vai do dia 02 ao dia 06 de Março. Inscreva-se!

Saiba Mais
Saiba Mais

Deve ser cultivado sob sol pleno, em solo fértil, profundo, destorroado, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Aprecia o clima ameno e é bastante exigente em fertilidade. Em condições de elevada umidade e calor se torna muito suscetível às pragas e doenças. Necessita manejos específicos tais como transplante, amôntoa, desbrota, tutoramento com estacas e amarrios. Multiplica-se facilmente por sementes postas a germinar em sementeiras ou diretamente no local definitivo. Leva cerca de 110 dias do plantio à colheita no verão.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.