Sua dose diária de jardinagem no whatsapp - 100% Grátis Participar do Grupo

Sete-léguas

Podranea ricasoliana

Raquel Patro

Atualizado em

A sete-léguas (Podranea ricasoliana), é uma trepadeira lenhosa, muito rústica e vigorosa, com florescimento ornamental. De crescimento rápido, esta planta tem a capacidade de cobrir estruturas e muros em pouquíssimo tempo. Apresenta ramos longos e ramificados, que podem chegar a 10 metros de comprimento. Suas folhas são compostas, pinadas, com 5 a 7 folíolos de coloração verde-brilhante. As inflorescências são terminais, esparsas, formadas por flores grandes em forma de trombeta, perfumadas, de coloração rósea e com estrias avermelhadas. A floração ocorre durante o ano todo, mas é mais abundante na primavera e verão, proporcionando um espetáculo visual contínuo. Às vezes formam frutos, que são do tipo cápsula, longos e aplainados.

Originária da África do Sul, a Podranea ricasoliana é adaptada a climas quentes e secos, mas se estabelece bem em várias condições climáticas. Por ser extremamente vigorosa, deve ser apoiada apenas sobre suportes fortes e grandes, como caramanchões, pérgolas, pórticos ou muros. É importante considerar a força e a durabilidade do suporte escolhido, dado o peso substancial que a planta pode atingir quando adulta. Exige tutoramento inicial e amarrio, além de podas anuais no inverno, que controlam o crescimento da folhagem e estimulam uma floração mais intensa. Este aspecto é essencial para manter a estética desejada em projetos paisagísticos, assim como para a saúde geral da planta.

Adapta-se muito bem ao litoral, sendo uma escolha popular para jardins costeiros, e fornece uma sombra valiosa nos dias mais quentes. É resistente à salinidade do solo e da maresia, uma característica importante para plantas em regiões litorâneas. São muito visitadas por mamangavas (Xylocopa sp), contribuindo para a polinização de outras plantas e para a biodiversidade do jardim.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

No contexto de paisagismo, a Podranea ricasoliana é amplamente utilizada para cobrir pérgolas e caramanchões, criando ambientes aconchegantes e sombreados. Além disso, sua floração duradoura a torna uma escolha ideal para criar pontos de interesse visual no jardim. Seu uso não se limita apenas a estruturas verticais; ela também pode ser conduzida ao longo de cercas, muros e outros elementos horizontais, oferecendo uma solução versátil para diversas necessidades paisagísticas. Deve-se, no entanto, ter cuidado ao plantar a sete-léguas próximo às árvores, pois o crescimento vigoroso sobre os ramos, pode acabar sombreando excessivamente a árvore e prejudicar a saúde da mesma.

Muitas pessoas observam que a sete-léguas apresenta muita folhagem e pouco florescimento, por isso é fundamental efetuar a manutenção. Nesse aspecto, a poda é crucial no cultivo da Podranea ricasoliana. Deve-se realizar uma poda de formação nos primeiros anos para garantir o desenvolvimento de uma estrutura forte. Posteriormente, a poda de manutenção anual ajudará a controlar o tamanho e a forma da planta, além de estimular a floração.

Esta prática é especialmente importante para manter a planta dentro dos limites desejados em projetos paisagísticos e evitar o crescimento excessivo. Além de seu valor ornamental, a sete-léguas possui algumas aplicações práticas. Por exemplo, em áreas rurais, é utilizada para cobrir estruturas como galpões e estufas, proporcionando sombra e ajudando a regular a temperatura interna.

As sete-léguas devem ser cultivadas sob sol pleno, em solo fértil e enriquecido com matéria orgânica, com regas regulares. Apreciam o clima ameno e toleram pouco às geadas, perdendo a folhagem, mas rebrotando depois. Essa característica de resiliência, garante que a planta possa se recuperar de condições climáticas adversas. Ao fertilizar esta trepadeira, evite adubações nitrogenadas. Prefira adicionar matéria orgânica e adubos NPK ricos em fósforo e potássio e com teores mais baixos de nitrogênio. Esse balanceamento dos nutrientes evitará o excesso de folhagem e estimulará a floração. As sete-léguas podem ser propagadas por estaquia, mergulhia e mais raramente por sementes. A estaquia é o método mais rápido e eficiente para a propagação da espécie.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Finalmente, é importante destacar que, apesar de sua beleza e utilidade, a Podranea ricasoliana pode se tornar invasiva em certas condições. É essencial estarmos cientes dessa característica e controlar o crescimento da planta, como podas regulares e monitoramento. Esta atenção ao manejo ajuda a garantir que a sete-léguas permaneça como um componente valioso e manejável nos jardins.


Já pensou em abrir a porta de casa e dar de cara com um jardim espetacular que parece ter saído diretamente de uma revista? Seja sincero, quem não queria?

E aí, já tá imaginando o upgrade que seu jardim vai ganhar? Cada vez que você botar a mão na terra e ver o resultado crescendo e florindo, vai sentir aquela satisfação de "puxa, eu que fiz!". "101 Técnicas de Jardinagem Explicadas" não é só um livro, é tipo um melhor amigo pra quem ama plantar e cuidar.

Bom, com o eBook 101 Técnicas de Jardinagem Explicadas, esse desejo pode virar realidade, e acredite, mais fácil do que você imagina. Tá começando do zero ou já tem a mão meio verde? Não importa! Este guia foi feito pensando em todo mundo. Aqui dentro, você vai achar mais de 600 páginas cheias de ilustrações que falam por si só, com instruções detalhadas que vão desde o básico até o avançado. Já pensou em quanta coisa nova você vai aprender e aplicar aí no seu cantinho verde?

Quer ter a alegria de comer frutas que você mesmo plantou? Ou que tal ver flores que mais ninguém tem, colorindo seu jardim e perfumando sua casa? Pois é, esse eBook entrega isso e muito mais. Bora dar esse passo e transformar seu espaço ao ar livre num verdadeiro oásis particular? Pega seu exemplar agora e vamos nessa jornada juntos! E aí, preparado pra ver seu jardim virar capa de revista?

Oferta por tempo limitado!

DE R$ 59,90 POR APENAS

R$ 19,90 à vista

Sobre Raquel Patro

Raquel Patro é paisagista e fundadora do site Jardineiro.net. Desde 2006, ela desenvolve conteúdos especializados em plantas e jardins, pois acredita que todas as pessoas, sejam amadores ou profissionais, devem ter acesso a conteúdos de qualidade. Nerd de carteirinha, ela gosta de livros, ficção científica e tecnologia.