Sanquésia – Sanchezia nobilis

 Sanchezia nobilis, Sanquesia

Foto: Drew Avery

A sanquésia é um arbusto tropical, de textura semi-lenhosa e muito ornamental, nativo das florestas do Equador e Peru, na América do Sul. Ele apresenta galhos cilíndricos, eretos, ramificados, lisos, de cor verde a avermelhados e com nós marcados, como canas. O grande atrativo desta espécie, reside na sua folhagem decorativa. Suas folhas são ovais a lanceoladas, opostas, grandes, glabras, de cor verde e características nervuras em baixo relevo, na cor amarela ou marfim. O conjunto das folhas e ramos tem aspecto cheio, arredondado, com textura grossa. Da primavera ao outono surgem as inflorescências, muito duráveis, em espigas eretas e terminais, acima da folhagem. Elas são formadas por brácteas vermelho-alaranjadas, que envolvem a base das flores, pequenas, amarelas, tubulares e muito atrativas para os beija-flores e borboletas. Curiosamente, as flores abrem-se sempre para o mesmo lado.

Detalhe da inflorescência. Foto de Daniel Ramirez
Detalhe da inflorescência. Foto de Daniel Ramirez
No paisagismo a sanquesia é excelente para formar renques e maciços em locais que recebem a luz filtrada das árvores ou protegida pelas construções, de forma que ela fique protegida do sol forte do meio dia. Assim, ela pode ser utilizada ao longo de muros, sob pequenos bosques, como bordadura entorno da fachada ou pontuando caminhos, escadas e pórticos. Assim, ela acrescenta um indiscutível charme tropical aos espaços, tanto pela sua folhagem listrada, como pelo florescimento vistoso. Além disso, pode ser utilizada isolada, como ponto focal, em jardins que recebem pouca luz direta. Também pode ser plantada em vasos, adornando varandas, pátios e interiores, em posição protegida das correntes de ar ou em ambientes livres de ar condicionado.

Deve ser cultivada sob meia sombra, em solo fértil, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Sensível ao frio intenso ou geadas. Embora, após um evento de geada, ela perca suas folhas, pode rebrotar na primavera. Efetue a poda anualmente no final do inverno, para renovar a folhagem e estimular o adensamento da planta. Planta tipicamente tropical, a sanquesia não tolera estiagens, devendo receber irrigação suplementar e pulverizações periódicas em tempo seco. Fertilize de uma a duas vezes por ano, durante o período de crescimento vegetativo e floração. Multiplica-se por estaquia dos ramos, postos a enraizar na primavera.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

Alerta:

Planta considerada tóxica. Mantenha fora do alcance de crianças pequenas e animais domésticos.

One comment on “Sanquésia – Sanchezia nobilis

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.