Rosa-da-venezuela – Brownea macrophylla

 Brownea macrophylla, Rosa-da-mata, Bráunia

Foto: Raquel Patro

A rosa-da-venezuela é uma arvore ornamental, de pequeno porte e crescimento lento, que alcança no máximo 10 metros de altura. Ela é nativa da região amazônica na América do Sul, incluindo países como Equador, Bolívia, Peru, Guianas e Venezuela. A casca do tronco é castanho-clara, com lenticelas horizontais e o tronco atinge de 35 centímetros de diâmetro. Forma uma copa em formato de guarda-chuva, com ramos robustos. Apresenta folhas pinadas, com 4 a 18 pares de grandes folíolos elípticos, verde-escuros.

Botões das flores. Foto Raquel Patro.
Quando jovens, as folhas são pendentes, pálidas e manchadas, num visual muito curioso. As inflorescências surgem diretamente do tronco, em grandes e densos discos de flores vermelhas, com longos estames. As flores se abrem da margem em direção ao centro da inflorescência, formando uma linda bola, como um pompom. A floração se dá durante o ano todo, com maior intensidade na primavera. Os frutos que se formam são do tipo legume (vagem), grandes, de cor marrom, densamente cobertas por pelos e contém de uma a duas sementes, marrons e com superfície enrugada.

No paisagismo, a rosa-da-venezuela é uma árvore para ser admirada de perto, sendo plantada ao longo de caminhos, ladeando bosques, ou mesmo próximo aos prédios, onde suas flores majestosas possam ficar próximas aos expectadores. Ela atrai polinizadores como borboletas e abelhas. Pode ser plantada em vasos, atingindo menor porte.

Que tal ganhar dinheiro fazendo o que mais ama?

Jardinagem e Paisagismo

Se você adora estar entre as plantas e sujar as mãos de terra como eu, pode transformar a sua vida agora mesmo através da profissionalização. Seja feliz hoje, não deixe para depois.

Detalhe das folhas jovens. Foto de Wendy Cutler
Deve ser cultivada sob sol pleno ou meia sombra, em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Não tolera frio intenso, geadas fortes ou períodos de seca. Aprecia alta umidade ambiental e o calor tropical. As árvores jovens crescem melhor sob meia sombra, protegidas do sol forte do meio dia, e a medida que ganham tamanho e vigor podem ser gradativamente expostas ao sol pleno. Multiplica-se por sementes que devem ser postas a germinar assim que os frutos amadurecem, pois rapidamente perdem a viabilidade. A germinação leva de 30 a 60 dias para se completar. A quebra da dormência em água quente e subsequente demolho pode uniformizar e melhorar as taxas de germinação. Floresce cerca de 3 a 4 anos após o plantio.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.