Heuchera – Heuchera sp.

As heucheras são plantas herbáceas, de folhagem e florescimento ornamentais, originárias da América do Norte, onde são conhecidas como “Coral Bells“, que significa “Sinos de Coral” na tradução literal. De crescimento compacto, elas chamam a atenção principalmente pela folhagem vistosa, colorida nas diferentes variedades e que lembram as begônias rex e as hostas. Suas folhas surgem em rosetas, sustentadas por longos pecíolos, diretamente da base da planta, que possui um rizoma lenhoso. As folhas são palmadas e lobadas, e tem uma textura delicada, macia. Elas são hirsutas e podem apresentar interessantes degradées, que se modificam de acordo com a luminosidade. Há centenas de cultivares e híbridos com diferentes cores e tons de amarelo-limão, bronze, vinho, rosa, violeta, vermelho, chocolate, amarelo ocre e uma infinidade de verdes. Também ocorrem belas variegações e venações em cores distintas das do restante da folha. Floresce no verão, despontando altas inflorescências do tipo paníncula, com numerosas flores em forma de sino, que podem ser róseas, vermelhas, amarelas, verdes ou brancas, de acordo com a variedade. Em algumas cultivares, as flores adquirem a importância ornamental primária, com a folhagem em segundo plano. As flores da heuchera são duráveis e podem ser aproveitadas como flor de corte. Elas também são muito atrativas para beija-flores, borboletas e abelhas.

Detalhe das flores. Foto de Kurt Stueber
As heucheras são muito populares no paisagismo de países de clima temperado, como na Europa e na América do Norte, onde acrescentam cores vibrantes e textura a maciços, bordaduras, assim como em canteiros mistos, contrastando com outras espécies e variedades. Elas são especialmente úteis em áreas sombreadas, onde podemos ter dificuldade em fazer crescer plantas coloridas. No Brasil ainda são raras em cultivo, mas podem ser cultivadas em regiões de clima subtropical e tropical de altitude, das regiões sul e sudeste do Brasil, com bastante sucesso. Além de colorir o jardim, como forrações a pleno sol ou meia sombra, as heucheras também são excelentes folhagens quando plantadas em vasos e jardineiras e assim podem enfeitar tanto ambientes externos quanto internos.
Heuchera Electra. Foto de Leonora Enking
Deve ser cultivada sob sol pleno ou meia sombra, de acordo com a cultivar, em solo arejado, drenável, rico em matéria orgânica e irrigado regularmente. Geralmente as variedades de cores claras preferem locais mais sombreados, enquanto que as variedades com forte pigmentação vermelha ou arroxeada são preparadas para resistir em canteiros ensolarados. Há no entanto, sempre que verificar as necessidades de cada cultivar no momento da compra, assegurando-se de que nível de luminosidade a planta em questão prefere. As heucheras se ressentem com o calor intenso, que provoca queimaduras e murcha em suas folhas. A fertilização a cada três meses mantém as folhas bonitas e o ideal é que sejam do tipo de liberação lenta. É resistente ao frio de clima subtropical a temperado. Estimule novas florações na mesma estação, removendo as inflorescências velhas das plantas que já floresceram. Renove anualmente sua folhagem através de uma poda mais drástica, realizada no início da primavera, removendo assim as folhas danificadas pelo inverno e iluminando as novas folhas que surgem na base da planta. Multiplicam-se por divisão das touceiras e por sementes.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.