Frésia – Freesia x hybrida

Há 16 espécies no gênero Freesia, todas elas são originárias do continente africano e a grande maioria delas – cerca de 12 espécies – vêm da África do Sul. As frésias são plantas bulbosas, herbáceas e floríferas, conhecidas no mundo todo por suas flores delicadas e perfumadas. As espécies de frésias mais importantes na produção de híbridos comerciais (Freesia x hybrida) são a Freesia refracta e F. armstrongii.

As frésias apresentam um cormo (órgão subterrâneo de reserva constituído de raíz e caule) com cerca de 1 a 2,5 cm de diâmetro, que emite folhas lineares, planas, de cor verde escura, com cerca de 15 centímetros de comprimento. As inflorescências são recurvadas, do tipo espiga, mas com as flores enfileiradas de um lado apenas. Elas são sustentadas por uma haste longa, com 10 a 40 cm de altura. As flores têm forma campanulada, são perfumadas e podem ser das mais diversas cores e combinações em degradeé, com diversas tonalidades de branco, amarelo, rosa, lilás, vermelho, laranja, verde, azul, etc. O fruto é uma pequena cápsula verrugosa, com sementes redondas, duras e brilhantes.

No paisagismo, estas flores se prestam para a formação de maciços e bordaduras, como espécie única ou misturada com outras floríferas. Suas cores vivas ainda podem ser apreciadas em vasos e jardineiras. As frésias são muito utilizadas também como flor-de-corte, na confecção de arranjos e buquês, com boa durabilidade. O seu delicioso aroma é transformado em essência e participa da fabricação de diversos produtos de higiene e beleza, como perfumes, sabonetes e xampús.

Deve ser cultivada sob sol pleno ou meia-sombra, em solo fértil, leve, profundo, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Adubações mensais, no período de crescimento e florescimento, são essenciais a uma boa floração e formação de reservas para o próximo ano. Após a floração, as regas devem ser suspendidas para que o bulbo entre em dormência. Depois que as folhas secarem, ele então poderá ser arrancado e armazenado limpo, em ambiente seco e fresco. Aprecia o clima ameno. Há variedades para florescimento em diversas épocas do ano. Multiplica-se por divisão dos cormos que se formam em torno da planta mãe e por sementes.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

3 comments on “Frésia – Freesia x hybrida

  1. Resido na serra gaucha e cultivo fresias em meu jardim. Após muitos anos fazendo o replantio com os novos bulbinhos que se formam,resolvi tentar atraves das sementes que eventualmente consegui coletar. Claro que o processo é mais lento, pois de sementes até bulbos com tamanho para florescimento demorou 2 anos, mas permitiu uma quantidade maior de mudas. Realizei a experiencia já por 2 anos, com altos indices de germinação das sementes. No final de 2015, não sei se devido ao clima, colhi uma quantidade enorme de sementes e estou construindo uma estante para germinação em bandejas. São provavelmente todas hibridas de fresia alba x freesia leichtlanii, de menor tamanho, cor branca leitosa e muito perfumada, ao contrario das hibridas grandes e coloridas, que não apresentam perfume.

  2. Olá, comprei frezias já em mudas no gardem, sendo que perguntei sr as folhas dela cairiam apos floracão, me informaram que nem todas as mudas isto acontece.
    Gostaria de saber se posso deixar os bulbos na mesma terra e se eles rebrotarão??
    Moro no RJ e já iremos entrar na primavera.

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.