Fotínia – Photinia x fraseri

 Photinia x fraseri,

A fotínia é uma arbusto lenhoso, de folhagem cheia, vistosa e colorida, muito apreciada no paisagismo por estas qualidades. Ela é um híbrido originário do cruzamento entre duas espécies de fotínias orientais, a japonesa (Photinia glabra) e a chinesa (Photinia serrulata). Seu caule é ereto, ramificado e apresenta crescimento rápido, alcançando facilmente 2 a 3 metros de altura. Suas folhas são brilhantes, perenes, coriáceas, alternas e com margens finamente serrilhadas. As folhas apresentam cores diferentes, de acordo com o estágio. Quando brotam são vermelhas, e de longe parecem até flores, mas com o tempo adquirem tonalidades acobreadas, até terminar com um verde escuro e intenso. A floração ocorre na primavera e verão, despontando lindas inflorescências do tipo umbela, com numerosas flores brancas e pequenas.

No jardim, a fotínia destaca-se por ser uma espécie rústica, bonita e versátil. Pode ser utilizada isolada, como destaque, em conjuntos contrastantes com outras espécies ou em grupos e cercas-vivas. Em plantios isolados, pode ser conduzida como arbusto informal, formal ou até mesmo como arvoreta, podendo alcançar até 5 metros de altura. Nestes casos, podas de formação anuais são mais indicadas para obter uma forma cheia e arredondada e propiciar a floração. Já em cercas-vivas, as podas mais freqüentes reduzem o período de floração, estimular um adensamento maior do arbusto, além é claro, de incentivar o constante brotamento das lindas folhas vermelhas. Também pode ser plantado em vasos, com replantio a cada 2 anos.

Deve ser cultivada sob sol pleno ou meia-sombra, em solo fértil, com pH neutro a levemente alcalino, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Não tolera encharcamentos ou salinidade, portanto não deve ser utilizado à beira-mar. Prefere o clima subtropical, mas resiste ao calor intenso. Sob meia-sombra seu colorido tende a ser menos vibrante. Para apresentar constantemente suas folhas vermelhas, deve ser podado com freqüência, no entanto, nestas condições apresenta floração menor ou inexistente. Fertilizações anuais com NPK e micronutrientes são fundamentais para a boa saúde da planta. Multiplica-se por estacas, postas a enraizar na primavera. Para cercas-vivas, o espaçamento recomendado é de um metro entre plantas.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

3 comments on “Fotínia – Photinia x fraseri

  1. Tenho em minha casa aproximadamente 250 fotínias adultas, formando cerca viva. Às vezes, repentinamente, uma ou duas plantas próximas, secam e morrem. O que poderia estar causando isto. Moro em Uberlândia – MG.

  2. bom dia
    quero fazer uma cerca viva estou pesquisando qual melhor espécie. prefiro as floridas que não de tanto trabalho e resistentes. porem pode ser sem flores. finalidade e proteger o ambiente de curiosos, não gosto muito de bambus e da murta…150m de extensão. Curitiba-PR inverno frio kk alguma sugestão?obrigado

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.