Flor-morcego – Tacca chantrieri

 Tacca chantrieri, Planta-morcego, Orquídea-morcego, Flor-negra, Bigodes-de-gato

Foto: Scott Zona

A flor-morcego é uma planta tropical, herbácea, hermafrodita e acaule, conhecida por suas flores exóticas e ornamentais. Apesar de ser chamada também de “orquídea-morcego”, esta espécie exótica não tem parentesco com as orquídeas, na verdade ela pertence a família Dioscoreaceae, a mesma do inhame (Dioscorea sp). Apresenta raízes longas e tuberosas, folhas elípticas, de cor verde-oliva, brilhantes, glabras, com nervuras bem marcadas e sustentadas por longos pecíolos. Floresce na primavera e verão e suas inflorescências parecem pequenos morcegos, com duas brácteas de um tom marrom escuro, quase negras e longos “bigodes”. As flores verdadeiras são pequenas, pentâmeras e globulares. Os frutos que se seguem são cápsulas papiráceas que levam cerca de um ano para amadurecer.

No paisagismo a flor-morcego é ideal para áreas sombreadas em locais de clima quente e úmido.  No entanto é bem mais valorizada quando cultivada em vasos e jardineiras, adornando varandas, salas de estar, escritórios, etc. Ela no entanto teme o ar seco e irá se ressentir em áreas com ar condicionado. Ainda assim é possível cultivá-la em locais de clima temperado, desde que possa ser levada para ambientes protegidos como dentro de casa ou estufas úmidas. As plantas sadias crescem produzindo novas mudas, já se as condições de cultivo não forem atendidas ela declina lentamente. Assim, seu cultivo é considerado difícil, não sendo indicada para jardineiros iniciantes.

Que tal ganhar dinheiro fazendo o que mais ama?

Jardinagem e Paisagismo

Se você adora estar entre as plantas e sujar as mãos de terra como eu, pode transformar a sua vida agora mesmo através da profissionalização. Seja feliz hoje, não deixe para depois.

Deve ser cultivada sob luz difusa ou sombra clara, em substrato humoso, leve, bem drenável e irrigado com frequência. Fertilize quinzenalmente na primavera e verão com adubos orgânicos como torta de mamona ou algodão, húmus de minhoca, bokashi, esterco curtido e farinha de ossos, etc. Não tolera frio intenso ou estiagem. Replante a cada 2 ou 3 anos para renovar o vigor da planta. Multiplica-se por sementes e por separação das mudas formadas entorno da planta mãe. Plantas formadas a partir de sementes levam de 2 a 3 anos até iniciar o florescimento.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.