Fita-de-moça – Homalocladium platycladum

De aspecto curioso e exótico, o arbusto conhecido como fita-de-moça encanta pela estranheza de seus ramos. Achatados, estriados, brilhantes e planos, eles desempenham o papel das folhas, realizando a fotossíntese e a respiração. Os ramos ainda são articulados, e conhecidos pelo nome de cladódios. As folhas são quase sempre ausentes ou reduzidas e discretas. As florzinhas que despontam nas laterais dos ramos são verde-claras, pequenas e dão origem a pequenos frutinhos avermelhados, e modificam levemente a textura do arbusto.

A fita-de-moça é arbusto de constituição semi-herbácea, apresenta os ramos inicialmente eretos e depois reclinados e pendentes. Ele pode ser plantado isolado, em grupos, ou conduzido com trepadeira, destacando sempre seu jeitão diferente. Geralmente encaixa-se bem em jardins de pedras ou contemporâneos. Adapta-se também a vasos e floreiras, como folhagem ornamental.

Deve ser cultivada sob sol pleno, meia-sombra ou sombra, em solo fértil e adubado com matéria orgânica, irrigado a intervalos periódicos. Aprecia o calor e a umidade tropical, devendo ser cultivada em estufas nos países de clima temperado. Multiplica-se por estaquia dos cladódios ou sementes recém colhidas.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.