Dedaleiro – Lafoensia pacari

O dedaleiro é uma árvore decídua, de pequeno a médio porte, originária do cerrado brasileiro e do Paraguai, sendo encontrada espontaneamente nos estados da Bahia, Tocantins, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Rondônia, Mato Grosso e Distrito Federal. Seu tronco alcança de 30 a 60 cm de diâmetro, é ramificado e possui casca acinzentada. Sua madeira é de excelente qualidade, muito durável, comumente utilizada na fabricação de cabos para ferramentas, moirões e na construção civil. As folhas são simples, glabras, coriáceas, oblongas, com nervuras bem definidas e podem ser sésseis ou pecioladas. As inflorescências, em rácemos terminais, surgem da primavera e verão, despontando flores vistosas, grandes, com pétalas brancas e franjadas, longos estames e cálice verde, com margens pregueadas. Os frutos são cápsulas lenhosas, deiscentes, bronzeadas, e seu formato lembra um dedal. As sementes são membranáceas e numerosas.

Por seu porte pequeno, raízes não agressivas e florescimento ornamental, o dedaleiro é bastante utilizado na arborização urbana de diversos municípios do Paraná. Seu plantio também é recomendado na recuperação de áreas degradadas e na recomposição de mata ciliar. Por não ser uma espécie pioneira, é interessante efetuar plantios mistos ou em anos subsequentes ao início do reflorestamento.

Que tal ganhar dinheiro fazendo o que mais ama?

Jardinagem e Paisagismo

Se você adora estar entre as plantas e sujar as mãos de terra como eu, pode transformar a sua vida agora mesmo através da profissionalização. Seja feliz hoje, não deixe para depois.

Deve ser cultivado sob sol pleno, em solo fértil, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente nos primeiros anos após a implantação. Após bem estabelecido, o dedaleiro é capaz de resistir a períodos de estiagem, assim como a inundações. Multiplica-se por sementes postas a germinar logo após a colheita, em saquinhos com areia, mantida úmida. Se não plantas, as sementes perdem rapidamente o poder germinativo. A germinação ocorre em 10 a 15 dias. Plante as mudas formadas em covas bem preparadas, com 40 x 40 cm, fertilizadas com esterco curtido.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

Medicinal:

  • Indicações: Úlceras, micoses, infecções, dor, febre, obesidade, pneumonia, prurido, ferimentos
  • Propriedades: Anti-úlcera, antifúngica, antibactericida, anti-inflamatória, febrífuga, emagrecedora, cicatrizante
  • Partes Utilizadas: Casca e folhas