Cóleus – Solenostemon scutellarioides

 Solenostemon scutellarioides, Coração-magoado

Foto: Random

O cóleus é uma planta herbácea muito apreciada pelo colorido de suas folhas. Ela originou-se da hibridização entre espécies do gênero Solenostemon, como S. laciniatus e S. bicolor e atualmente conta com numerosas cultivares. Suas folhas são grandes, macias e podem apresentar diversas cores e combinações entre amarelo, vermelho, rosa, roxo, verde e marrom. É interessante observar que as cores das folhas podem formar degradeés ou contrastar bruscamente. As flores azuladas surgem em inflorescências do tipo espiga, acima da folhagem, em qualquer época do ano e têm importância ornamental secundária.

As cores vivas desta vistosa folhagem podem ser aproveitadas em diversos ambientes. No jardim, ela poderá formar maciços ou conjuntos, além de bordaduras junto a muros. Em pátios e varandas, ou em uma janela bem iluminada, o cóleus será uma espécie muito decorativa, podendo ser plantado em vasos ou jardineiras. Em climas quentes, é possível desfrutar de sua beleza colorida o ano todo. É uma planta de baixa manutenção, não exigindo podas e tolerando um pouco a estiagem. Atinge cerca de 40 a 90 cm de altura, de acordo com a variedade.

Que tal ganhar dinheiro fazendo o que mais ama?

Jardinagem e Paisagismo

Se você adora estar entre as plantas e sujar as mãos de terra como eu, pode transformar a sua vida agora mesmo através da profissionalização. Seja feliz hoje, não deixe para depois.

Que tal ganhar dinheiro fazendo o que mais ama?

Jardinagem e Paisagismo

Se você adora estar entre as plantas e sujar as mãos de terra como eu, pode transformar a sua vida agora mesmo através da profissionalização. Seja feliz hoje, não deixe para depois.

Deve ser cultivada sob pleno sol ou meia sombra, em substrato bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Adubações a cada 15 dias são suficientes para que a planta cresça bonita. Apesar de perene, o cóleus deve ser replantado bienalmente, pois perde a beleza com a idade. Planta tipicamente tropical, que pode ser conduzida em clima temperado, requerindo estufa no inverno. Não tolerante a geadas. Multiplica-se por sementes e estacas de caule e ponteiros.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

3 comments on “Cóleus – Solenostemon scutellarioides

  1. Transportando o vaso de coleus que um casal de amigos em viagem nos confiou sua guarda no curso de 3 semanas, um dos galhos se quebrou – pois realmente são frágeis – o que me causou desespero face o carinho com que os amigos cuidam dessa linda espécie.
    Tive a ideia de apanhar aquele pequeno galho e o finquei no próprio vaso com a certeza do insucesso do meu intento.
    A minha esposa é quem o aguava, dedicando-lhe o maior carinho.
    Para a minha surpresa, depois de uma semana lembrei-me do galho quebrado e debrucei-me sobre o lindo coleus para me certificar da morte e pedir-lhe perdão sobre o meu ato, quando fui milagrosamente recompensado por um lindo e novo pé que, a toque de caixa, brotara ao lado de sua mãe.
    Interessei-me em cultivar esta espécie e, antes de devolver esta jóia maravilhosa vou pedir autorização aos amigos para quebrar propositadamente um galho e plantá-lo no nosso jardim.
    Espero um dia “COLE US” galhos para alegrar quem dirigir os olhos para esta linda espécie…!
    Abraços, Araújo

  2. Apesar de ser de sol pleno,ele fica melhor a meia sombra pegando somente o sol da manhã ou tarde,pois sol intenso faz suas folhas ficarem cai das,como se estivessem murchas.

  3. Tenho Coléus em vaso e na sombra, o sol direto faz com que as grandes folhas desmaiem ! O crescimento é rápido e ao lado do vaso, onde há gramado, tem uma porção de mudinhas, estou curiosa para ver se irão crescer !

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.