Astrapéia – Dombeya wallichii

A astrapéia é uma arvoreta ou arbusto de ótimas características ornamentais, que se espalhou pelo mundo por sua exuberância e popularidade. Ela apresenta ramos pubescentes, e porte pequeno para um árvore, alcançando cerca de 2 a 5 metros de altura. As folhas são grandes, cordiformes, perenes, de cor verde brilhante e pubescentes na página inferior. As inflorescências surgem no outono e inverno, e são umbeliformes, sustentadas por longos pedúnculos, pendentes, globosas e com numerosas flores de cor rosa a avermelhada, ricas em néctar e delicadamente perfumadas. Produz frutos do tipo cápsula, que se dividem em cinco partes.

A astrapéia é uma árvore de rápido crescimento e baixa manutenção, que se destaca principalmente em plantios isolados, mas que pode ser parcialmente sombreada por outras árvores ou construções. As inflorescências pendentes atraem muitas abelhas e possuem perfume agradável e suave, que lembra o côco. As flores velhas permanecem nos ramos, adquirindo uma cor amarronzada e devem ser removidas para um melhor aspecto da planta. Além disso essas flores velhas podem desprender um odor desagradável e atrair moscas. Com podas regulares de formação, é capaz de adquirir porte e formato arbustivo. Há diversos híbridos comerciais disponíveis.

Deve ser cultivada sob sol pleno ou meia sombra, em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Sendo de clima subtropical, a folhagem da astrapéia não é muito resistente a geadas fortes. Fertilizações na primavera e verão estimulam um crescimento saudável e florações exuberantes. Multiplica-se por sementes e mais facilmente por alporquia e estaquia de ramos semi-lenhosos ou de ponteiros.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

6 comments on “Astrapéia – Dombeya wallichii

  1. Gostei das dicas, do conteúdo e saber da utilidade; porém, tenho como objetivo adquirir algumas mudas, pois sou apicultor. Ver uma árvore cheia de flores como aparece nas figuras será um prazer imenso, além de ser útil às abelhas.

  2. Estou produzindo um Manual de Arborização Urbana para a prefeitura de Diadema, SP,
    e tuas informações “caíram do cèu”: são detalhadas, muito bem escritas e completas!
    Super obrigada!!!

  3. Bom dia , tem algum tipo de adubo que posso estar usando em minha muda ? pois plantei uma estaca e deu muitas folhas , hoje ela se encontra com 50cm e parece que parou de se desenvolver .

  4. Arranquei um galho de uma arvore dessas no parque, o ganho emergia do tronco, bem abaixo parecia uma muda. Botei na água e vou plantar. Será que pega?

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.