Passo a passo: Terrário aéreo de tilândsia

Foto de isuperwang
Foto de isuperwang

Os terrários aéreos são muito charmosos, unindo a transparência do vidro, com a beleza tropical das pequenas bromélias do gênero Tillandsia e adornos naturais que podem acompanhar o arranjo. O efeito final é de um pequeno jardim suspenso, que pode ser utilizado para enfeitar janelas com iluminação indireta ou banhadas pelo sol da manhã e na tardinha apenas. O banheiro e a cozinha são os locais favoritos delas, pela alta umidade ambiental. Mas podem adornar qualquer cômodo da casa ou escritórios, e até mesmo ambientes externos, desde que protegidos dos ventos fortes, que podem fazer os delicados vidros se chocarem e quebrarem em pedacinhos.

A principal vantagem deste tipo de arranjo é que ele é muito durável e de baixíssima manutenção. Afinal, as tilândsias são pequenas plantas que não necessitam de solo para viver, crescendo como epífitas, sobre árvores e outros suportes, e até mesmo nos fios dos postes de energia elétrica. Elas absorvem boa parte da umidade que necessitam do ar, assim como os nutrientes para o seu desenvolvimento. É importante, no entanto, irrigá-las uma vez a cada semana, submergindo totalmente as plantas em uma vasilha com água não clorada, preferencialmente da chuva, por 20 minutos e depois deixando-as secar por 4 horas, antes de recolocar no terrário. Se o tempo estiver muito seco ou se houver ar condicionado no ambiente, este intervalo entre as regas, pode ser reduzido. Em caso de floração, prefira borrifar as folhas, ao invés de mergulhar a planta, o que pode provocar apodrecimento dos botões florais.

Terrário de Tilândsia. Foto de Eli Christman
Terrário de Tilândsia. Foto de Eli Christman

É primordial também que o terrário seja ventilado, com ao menos uma abertura, mas preferencialmente duas, para uma boa circulação do ar. Leve em conta também a espécie de tilândsia escolhida. As mais acinzentadas e com folhas mais estreitas, tendem a tolerar mais ambientes secos e sol direto. Já as mais verdinhas, com folhas largas, preferem locais mais frescos, úmidos e meia sombra. E fique de olho nos sinais: plantas que se fecham, indicam que há pouca umidade, enquanto que as bem abertas, estão confortáveis.

Confira a lista de materiais:

– vidros para terrários suspensos, com abertura
– pedriscos com granulometria fina ou areia
– bromélias pequenas do gênero Tillandsia
– corda natural (barbante colorido, sisal, etc) ou fita de cetim
– adornos diversos:
* ramos secos
* cascas de árvore
* pinhas
* pedras ornamentais (cascalho, arenito, cristais, etc)
* conchas
* musgos secos
* líquens naturais ou coloridos
* esfagno

Passo a passo:

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.