Paisagismo Sustentável – Introdução

jardim sustentável
Jardim sustentável, com sistema de captação de água da chuva e cisterna. Foto de Jeremy Levine
Atualmente, existem no mercado varias certificações de construção sustentável, o que impacta diretamente nos projetos de paisagismo. Nesta sequencia de artigos vamos mostrar como essa conexão se estabelece e o que os profissionais de paisagismo precisam saber para se manterem atualizados com as certificações e com as demandas de sustentabilidade, que são irreversíveis, ainda mais considerando que a oferta de agua potável tem estado bem abaixo do nível de conforto ao qual estamos acostumados. Não pretendemos abrir mãos de nossos jardins, mas tem como mantê-los de uma forma sustentável e dentro dos padrões de certificação.

As práticas convencionais de manutenção de projeto de paisagismo normalmente requerem irrigação e uso de produtos químicos. Já as praticas sustentáveis reduzem o uso de irrigação, pesticidas, fertilizantes e conservam o solo prevenindo a erosão e a sedimentação.

erosão
A erosão pode ser a maior causa da sedimentação no leito dos rios. Foto de J. Kelley
A erosão vinda da precipitação (chuvas) e ventos causa a degradação da propriedade e sedimentação dos corpos de água locais – e áreas com obras podem ser grandes fontes de sedimentação. Perda de nutrientes, compactação do solo e redução da biodiversidade dos organismos do solo podem limitar severamente a vitalidade do paisagismo. A sedimentação causada pela erosão aumenta os níveis de turbidez, o que degrada os habitats aquáticos e a sobreposição de sedimentos em canais hídricos pode reduzir a capacidade de fluxo, causando enchentes.

O paisagismo sustentável envolve o uso ou restauro de plantas nativas ou adaptadas, que requeiram menos manutenção e irrigação e demandam menor uso de fertilizantes químicos ou pesticidas, se comparadas com espécies introduzidas. Dessa forma, o paisagismo sustentável reduz os custos de manutenção ao longo da vida útil do edifício.

Assim, nós paisagistas teremos mais consciência da extensão da nossa atividade e daremos toda informação necessária ao cliente, para que ele possa contratar profissionais mais comprometidos e para que possamos fazer projetos cada vez melhores.

Um abraço verde.

Próximo artigo: Paisagismo Sustentável – Erosão e Prevenção

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *