Cuidados com Suculentas

suculenta

Impossível não se apaixonar por elas! Fofinhas e com maravilhosas formas e cores, elas são as queridinhas do mundo das plantas.

Originárias em sua maioria de ambientes desérticos, onde predomina o clima árido e as altas temperaturas, elas desenvolveram características especiais para que pudessem se adaptar. Algumas têm uma espécie de “pêlo” nas folhas, outras uma camada de cera, ambas as coberturas previnem a perda de água armazenada nas seguintes estruturas: folhas, caules, ou ainda nos troncos e raízes.

A capacidade de armazenar água e a grande resistência faz com que elas exijam pouquíssima manutenção. Geralmente basta um substrato bem drenado, no mínimo 4 horas diárias de sol e um bom regime de regas.

Para tê-las em casa por um bom tempo, basta seguir estas dicas:

Sua suculenta pode ser plantada tanto no vaso plástico como no de cerâmica, mas tenha sempre em mente que o plástico vai exigir um número menor de regas, pois ele não absorve a água como o de cerâmica, e consequentemente, permanece mais tempo molhado.

Aumenta o aproveitamento dos adubos colocados no solo, principalmente os NPK, pois as plantas terão maior capacidade de absorção.

Use um substrato bem drenado. Existem muitas recomendações de substrato, você pode encontrar uma que dê melhores resultados. Para isso teste em casa com suas mudinhas:

As regas devem ser cuidadosas, uma vez por semana no verão, de maneira abundante, e uma vez a cada quinze dias no inverno. Não use pulverizadores para não formar um ambiente úmido em torno das plantas. Essa é só uma sugestão – você descobre a medida – se perceber que suas plantas estão murchando, aumente gradativamente a quantidade de água, caso as folhas da base começarem a apodrecer, diminua.

suculenta

Não adube excessivamente seus vasos. O excesso de nitrogênio faz com que as plantas cresçam exageradamente e fiquem muito suculentas. A planta fica estiolada (comprida e magrinha) e com as portas abertas para o aparecimento de doenças.

Use 1 colher de café de NPK 10-10-10 a cada mês nos vasinhos e elas se manterão bonitas. Use também farinha de osso (1 colher de chá/vaso) uns 2 meses antes da floração.

Deixe seus vasinhos ao sol, a maioria das suculentas gosta dele. As plantas que não tomam a quantidade necessária de luz ficam estioladas, tem sua aparência descaracterizada, a cor fica pálida e elas começam a apodrecer na base. Sempre observe o desenvolvimento e pesquise sobre as necessidades da sua planta, só assim ela vai ficará sadia e poderá oferecer toda sua beleza.

Fotos: Eng. Agr. Grasiele Moreira

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

4 comments on “Cuidados com Suculentas

  1. Boa noite, eu tenho uma suculenta que comprei em tem 15 dias, ela fica na pia do banheiro. Há alguns dias ela começou a murchar… o que eu faço?

  2. Quando a suculenta murcha rapidamente, a causa mais provável deve ser o excesso de água. Sugiro que coloque ela em um ambiente mais iluminado, ventilado, com incidência direta do sol, nem que seja por algumas horas apenas, e regue apenas quando o substrato secar completamente.

  3. Olá! Meu nome é wagner e gostaria de saber se eu posso plantar espécies variadas de suculenta em um tronco de arvore morta que fica no meu jardim. Acontece que esse tronco deve pegar umas 7 a 8 horas de sol todo dia e as vezes o sol está muito forte. Elas resistiram a tanto tempo de sol forte?

  4. Olá! Preciso de uma ajudinha! Eu borrifei Óleo de Neem nas minhas suculentas para exterminar os mosquitinhos de asa preta e fungos, e então ele manchou as folhas , fazendo com que essa cera que elas produzem tenha saído em algumas partes. Vc sabe me dizer se essa cera será novamente produzida pela planta ou se eu preciso limpar com um cotonete e água retirando o restante do Óleo que secou? Por favor, me ajude, eu fiquei muito triste por tê-las manchado. :(

Os comentários estão fechados.