A Dengue e o Jardim

Piscina abandonada
Piscinas abandonadas são criadouros de
milhares de mosquitos
Foto: Mick Stanic

O verão está aí, e com ele os casos de dengue aumentam ainda mais. O problema ganha dimensões epidêmicas e a cada ano que passa faz mais vítimas fatais.

Que tal ganhar dinheiro fazendo o que mais ama?

Jardinagem e Paisagismo

Se você adora estar entre as plantas e sujar as mãos de terra como eu, pode transformar a sua vida agora mesmo através da profissionalização. Seja feliz hoje, não deixe para depois.

Que tal ganhar dinheiro fazendo o que mais ama?

Jardinagem e Paisagismo

Se você adora estar entre as plantas e sujar as mãos de terra como eu, pode transformar a sua vida agora mesmo através da profissionalização. Seja feliz hoje, não deixe para depois.

A doença não discrimina ninguém, são crianças, adultos e idosos, homens e mulheres, ricos e pobres que adoecem, devido à picada do mosquito Aedes aegypti contaminado. Todos devem fazer a sua parte para proteger a sociedade. Em especial os jardineiros e paisagistas têm uma responsabilidade muito importante neste cenário. Todas as pessoas que gostam de plantas, e cultivam jardins domésticos, seja de forma profissional ou amadora, devem zelar para que o jardim permaneça livre do mosquito.

Jardins abandonados e mal cuidados são importantes focos de procriação e abrigo, tonando-se verdadeiros criadouros para os temidos mosquitos. E não adianta cuidar hoje do jardim, tem que ser um trabalho contínuo, diário, de vigília e manutenção.

Para tomarmos as medidas cabíveis, é necessário entender como funciona o ciclo de vida do mosquito. Eles são mosquitos urbanos, próprios de regiões tropicais e subtropicais e não resistem ao frio. As fêmeas são as únicas a sugar o sangue, elas procuram reservatórios de água parada e limpa para desovarem. Os ovos são depositados na parede dos recipientes e aguardam que o nível de água suba para eclodirem. Eles desenvolve-se por metamorfose completa. Seu ciclo de vida, portanto, compreende quatro fases: ovo, larva, pupa e adulto.

As fêmeas do A. aegypti preferem o sangue de humanos ao de outros animais, além disso seus hábitos de alimentação são diurnos, ao contrário de muitas outras espécies de mosquito que preferem picar à noite. Além de transmitir a dengue, o A. aegypti é também o responsável pela transmissão da febre amarela.

Algumas medidas de prevenção à proliferação dos mosquitos no jardim e nas plantas:

Espiral de Ervas de Tijolos
Mantenha os vasos e pratinhos com a boca para baixo.
Foto: Liz Jones

Que tal ganhar dinheiro fazendo o que mais ama?

Jardinagem e Paisagismo

Se você adora estar entre as plantas e sujar as mãos de terra como eu, pode transformar a sua vida agora mesmo através da profissionalização. Seja feliz hoje, não deixe para depois.

  • Remova e limpe todo e qualquer reservatório de água que esteja inútil no jardim, como pneus, tampinhas, garrafas, vasos e pratinhos velhos.
  • Mantenha o jardim limpo e lixeiras fechadas. Lixo e entulho atraem pragas, mosquitos e acabam com o visual de qualquer jardim.
  • Guarde pratinhos, vasos e garrafas sempre com a boca para baixo, assim eles não acumulam água.
  • Evite o uso de pratinhos sob as plantas, além de ser um local próprio para a procriação dos mosquitos, os pratinhos dificultam a drenagem perfeita do substrato e podem provocar o apodrecimento das raízes das plantas.
  • As regas devem seguir a seguinte regra: Quando o substrato secar superficialmente, devemos irrigar a planta. (algumas plantas são exceção, verifique as particularidades das espécies que você cultiva). Os pratos são úteis apenas quando ficaremos longos períodos sem regar as plantas, como em viagens.
  • Se mesmo assim você preferir os pratinhos adote uma das seguintes soluções: Mantenha o pratinho cheio de areia (até a borda) e não esqueça de repor sempre que necessário ou acrescente borra de café pura ou a mistura de borra de café, feita com duas colheres de borra de café para meio-copo de água.
  • A mistura de borra de café é a solução ideal para as bromélias e outras plantas que precisam acumular água. Jamais deixe suas bromélias secas com medo da dengue, elas vão enfraquecer e morrerão em breve. Utilize a mistura de café a mantenha os mosquitos afastados.
  • O café é natural e não apresenta os problemas que os venenos comerciais podem ter. A borra de café pode invadir tranquilamente até as hortas ecológicas que utilizam adubos e defensivos orgânicos.
  • Cultive plantas repelentes e utilize seus produtos nas outras plantas do jardim, como citronela, neen, arruda, angico, gerânio, malva rosa, mastruz, artemisia, crisântemo, cravo de defunto. Caldas feitas com as folhas e flores dessas plantas e aplicadas com puverizador sobre as outras espécies podem funcionar como excelente repelente contra mosquitos e outras pragas de jardim.
  • Mantenha os bebedouros dos animais sempre limpos e troque a água diariamente, passarinhos e animais domésticos agradecem por ter água fresquinha e você acaba com as larvas e ovos dos mosquitos.
  • Piscinas devem ser tratadas o ano todo, independente se você utilizá-la ou não. Muitos bairros ricos, com piscinas grandes e luxuosas, abandonadas pelos seus proprietários a maior parte do ano, tornam-se focos de milhares de mosquitos de diversas espécies.
  • Laguinhos, espelhos d’água e fontes devem ter sempre peixinhos que se alimentem de larvas de mosquitos, como platis, molinésias, espadas ou betas. Se os seus peixinhos morrerem, descobra o porquê e reponha-os o mais depressa possível.
  • Ao criar seus arranjos florais, dê preferência à espuma floral, ao invés do vaso com água. A espuma não é ambiente para a reprodução do mosquito, além disso ela mantém o arranjo bonito por mais tempo. Mantenha a espuma floral úmida, jamais encharcada.

Aproveite e vá agora mesmo verificar o seu jardim. Não esqueça de contar as dicas para os seus amigos, vizinhos e parentes, para que todos conheçam as ferramentas no combate à dengue. Faça sua parte, isto é cidadania.

Texto: Raquel Patro

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

One comment on “A Dengue e o Jardim

  1. Disse tudo amiga, estamos vendo a preocupação constante com as varias doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti. Essas dicas colocadas no seu artigo realmente são muito importantes. Ações como essa feitas por cada pessoa com conciencia pode levar a um resultado incrivel de prevenção. Ótimo artigo, sem duvida recomendo e compartilho.

Os comentários estão fechados.