16. Planejando seu jardim: Deques, Pátios, Muros, Cercas e Iluminação

Deques e Pátios

Patio com piso de pedrisco. Foto de dedhed1950
Patio com piso de pedrisco. Foto de dedhed1950
Se você deseja um deque ou pátio para curtir a área externa, planeje-o com cuidado, para que ele seja útil de várias maneiras possíveis.

O local é um consideração importante a fazer. Um pátio ou deque deve ser conveniente à determinadas áreas da sua casa. Se você o deseja para tomar banhos de sol, seria interessante mantê-lo anexo ao seu quarto. Se for um local de entretenimento ou para comer, localize-o próximo à cozinha ou sala de estar. É claro que a localização da porta pode limitar as alternativas de posicionamento. Outros fatores a considerar são a exposição solar e de ventos, assim como a vista e a privacidade.

O tamanho do pátio vai depender do uso que você deseja pra ele, do tamanho da família e do espaço disponível. O recomendado geralmente é de 20 metros quadrados de espaço para cada membro da família. Um pátio deve ter uma declividade de 1 a 2%, assim, a água irá drenar para longe da casa.

Este deque amplia a área útil sobre um terreno íngreme e ainda cria um espaço para contemplação da vista. Foto de Vicky Brock
Este deque amplia a área útil sobre um terreno íngreme e ainda cria um espaço para contemplação da vista. Foto de Vicky Brock
Um deque pode compreender uma área externa nivelada sobre um terreno íngreme. Ele deve parecer uma extensão a casa. Sua cor e textura precisam harmonizar com a casa e o paisagismo do entorno.

As linhas arquitetônicas da sua casa, a escolha dos materiais de construção e outros aspectos do seu projeto de paisagismo influenciarão no formato do seu patio ou deque.

Muros de contenção

Um muro de contenção feito de blocos de concreto que imitam pedras. Foto de Armcom Precast
Um muro de contenção feito de blocos de concreto que imitam pedras. Foto de Armcom Precast
Muros de contenção são utilizados para criar mudanças bruscas no nível do terreno. Eles também provém privacidade e delineam o espaço externo. Os materiais mais utilizados na construção de muros são pedras, tijolos, dormentes, madeira e peças de concreto pré-moldado.

Para mudanças íngremes no nível do terreno, é preferível utilizar uma série de pequenos muros de contenção, do que um grande. Quanto maior o muro, mais ele deve ser reforçado para suportar as pressões de dilatação e retração próprios e do solo entorno.

Seja para muros de contenção ou para muros livres, apenas de delimitação do espaço, o planejamento e a contrução cuidadosos são essenciais. Consulte um profissional, sempre que necessitar planejar um muro maior que 1,20 metros de altura.

Cercas

Cercas de arame não são muito estéticas. Foto de Dara Meybodi
Cercas de arame não são muito estéticas. Foto de Dara Meybodi
Sejam sozinhas ou combinadas com plantas, as cercas oferecem privacidade, proteção e delimitam áreas no paisagismo. Elas também servem como corta-vento, bloqueiam uma vista feia, dão contorno e sombra, além de servirem como pano de fundo para as plantas.

Cercas podem ser construídas em uma grande variedade de estilos e com diferentes materiais. Se você decidir construir uma cerca, escolha um estilo que complemente todo o seu projeto de paisagismo. Cercas de arames, com ou sem revestimento plástico, dificilmente embelezarão seu jardim. Utilize preferencialmente materiais escuros ou de cores neutras naturais.

Iluminação

Chateau com várias plantas iluminadas. Foto de Marcelo Campi
Chateau com várias plantas iluminadas. Foto de Marcelo Campi
A iluminação externa pode ser incluída no seu projeto paisagístico. Balizadores ao longo de caminhos e entradas tornam o caminho mais seguro, especialmente durante o tempo úmido e à noite. Luzes suaves, localizadas acima da cabeça, aumentam as horas úteis desfrutadas em pátios e deques. Com luzes, você pode dar destaque a certas plantas e estruturas. Luzes baixas, não maiores que 90cm, podem ajudar a unificar seu paisagismo durante à noite. Em caso de dúvida, você pode contratar um projeto luminotécnico separadamente.

Artigo anterior: 15. Planejando seu jardim: Os caminhos
Próximo artigo: 17. Planejando seu jardim: Jardins de baixa manutenção

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.