Jasmim-manga – Plumeria rubra

O jasmim-manga é uma árvore encantadora, seu aspecto exótico e suas flores perfumadas envolvem a todos. Seus caule e ramos são bastante robustos e apresentam uma seiva leitosa e tóxica se ingerida. As folhas são grandes, largas e brilhantes e caem no outono-inverno. A floração inicia-se no fim do inverno e permanece pela primavera, com a sucessiva formação de flores de diversas cores e nuances entre o branco, o amarelo, o rosa, o salmão e o vinho. Está disponível no mercado uma forma variegada da planta.

Devem ser cultivadas à pleno sol, em solo fértil, leve e bem drenado. Não é tolerante ao frio e às geadas. Pode ser cultivada isolada ou em grupos, em amplos espaços, preferencialmente longe de dormitórios devido ao forte perfume. Multiplica-se por estaquia.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

Alerta:

Planta tóxica, não deve ser ingerida.

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

  • Jozete Rodrigues dos Santos

    Essa planta me traz lembranças maravilhosas, momentos com minha querida e muito amada mãe. Íamos todas as quintas ao cair da tarde na renovação carismática na Igreja de São Lourenço, e passávamos em frente à uma casa com uma árvore de jasmim-manga linda e muito perfumada com flores caídas ao chão, e eu colhia e dava à minha mãe e ela sorria e a colocava atrás da orelha, todas as quintas era o mesmo ritual rs.Eu cresci e ela se foi :(…os anos se passaram e o destino me trouxe essa linda flor novamente; pois na rua que passo p levar meu filho à escola tem uma linda árvore, então num belo dia tive a coragem de pedir um galho à dona da casa e contei minha experiência com essa singela flor, e prontamente pegou uma escada e cortou um galho, meu coração se encheu de alegria, fui correndo pra casa pra colocar num vaso grande, pra minha felicidade o galho “pegou”, venho mentalizando todos os dias o dia em que terei minha casa de verdade, digo isso porque moro “em cima” da minha sogra e ela não quer árvore em frente à casa dela :(…Imagino um lindo jardim com várias espécies de Jasmim e feliz por sentir a brisa com o perfume e a lembrança boa desse momento com minha mãe que amo muito <3

  • Antonio Alberto

    Meu Jasmim de cheiro não segura a floração. Chega a formar os brotos mas não se desenvolvem.

  • Maria Heloisa Siqueira Gatti

    Esta é a árvore da minha infância! Ainda muito pequena, passava com minha mãe em uma casa onde havia a de cor salmão e eu mesmo sendo pequenina me encantava com aqueles buquês coloridos e cheirosos. Mesmo não sabendo seu nome, todas as vezes em que via uma de suas espécies com as diversas tonalidades, ficava extasiada e mentalmente lhe prestava uma singela homenagem, chamando-a de “a árvore da minha infância”. Passo muito em frente a um Seminário em que há várias árvores e todas as vezes converso com elas mentalmente, mando-lhes recados amorosos, lamentei quando no ano passado houve pouca chuva e elas sofreram algum dano. Fiquei muito feliz ao folhear uma revista de decoração onde havia referência a esta maravilha da natureza e finalmente soube seu nome. Falo tanto nela que as pessoas começaram a amá-la também e há 02 dias atrás conseguí um galho da cor branca. Está na água, no terraço do meu apartamento e até me emociono ao vê-la. Tomara que eu consiga tratá-la como ela merece!!!

  • Lurdes Taborda

    tem graça que conheci esta arvore quando era pequenina, em Angola. Gostei tanto do cheiro e brincava com as flores. As flores caíam e punha um pauzinho no meio, corria e elas andavam a roda. Só através da internet é que descobri o nome da árvore e tinha saudades dela. Pensava eu que esta árvore só se encontrava nas zonas tropicais, afinal até se dá bem em climas frios. Na Inglaterra, por exemplo.,