Ipê-de-jardim – Tecoma stans

Compartilhe:

O ipê-de-jardim é uma arvoreta bastante ramificada, que pode alcançar 4 a 6 metros de altura. Ele apresenta folhas compostas por folíolos ovais-lanceolados, sub-sésseis e de bordas serrilhadas. As inflorescências são terminais ou axilares, com muitas flores tubulares, amarelas, muito parecidas com as do Ipê-amarelo (Tabebuia spp). A floração é maior nos meses mais quentes, mas pode perdurar durante o outono. Os frutos são cápsulas glabras deiscentes, compridas e contém muitas sementes aladas.

No paisagismo é apropriada isolada ou em grupos, formando renques. No entanto sua utilização é controversa, pois apesar de ser muito ornamental é considerada uma perigosa planta invasora, capaz de inutilizar pastagens e prejudicar a regeneração de áreas degradadas. Isto se deve à sua grande capacidade de produzir sementes viáveis e ao seu rápido crescimento.

O ipê-de-jardim é uma planta muito rústica, e deve ser cultivada à pleno sol, em solo fértil e enriquecido com matéria orgânica, com regas nos períodos mais secos. Tolerante às geadas. Multiplica-se por sementes e por estaquia.

Compartilhe:

Alerta:

Planta com potencial invasor.

3 comentários sobre “Ipê-de-jardim – Tecoma stans
  1. nazaré disse:

    Uma linda planta

    Tenho um pé de ipê de jardim em meu quintal, como está em baixo de arvores frutíferas ela não floresce. Tentei fazer várias mudas, sem sucesso, então usei o sistema de estufa na garrafa pet, e finalmente consegui, e já tenho várias mudas.
  2. Daniel Thomazella disse:

    pior que a corrupçao

    ipe mirim e muito agressivo mata qualquer planta de porte medio 6m ou pequeno por sufocamento pois para o ipe mirim nao tem tempo ruim (seca,chuva,geada etc)temos que cuidar para esta planta nao invadir culturas de pequeno e medio porte inviabilizando grandes areas de plantas nativas Tem que ser erradicada pois e uma planta invasora muito perigosa para o Brasil causa muito prejuizo, custo muito elevado para o controle desta planta nao tem predador para ela…
  3. Caio disse:
    Daniel, O Ipê é uma das nossas árvores nativas e por essa razão ela se multiplica com tanta facilidade, estamos acostumados a culturas importadas de difícil adaptação e acabamos culpando nossas nativas, o que deveríamos fazer realmente seria cultivar não somente ela mas muitas outras árvores nativas pois nossa cultura está se extinguindo, tanto árvores quanto a fauna não estão se adaptando a tantas mudanças e infelizmente chegará o dia em que estaremos importando árvores originárias do Brasil por conta do nosso descaso.
    Abraço

Conte-nos sobre sua experiência com esta espécie

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Publicado em Diretório de Plantas

Newsletter

Receba grátis as novidades
do Jardineiro.net no seu e-mail

Seja nosso fã

Visite o perfil de Jardineiro.net no Pinterest.