Flor-estrela – Stapelia hirsuta

Apesar do aspecto, a flor-estrela não é uma cactácea. Seus ramos são projeções verdes e suculentas, como dedos, que apresentam quatro faces e uma linha serrilhada nos ângulos formados por estas faces. Os botões florais são de coloração verde-clara e apresentam a forma piramidal. Quando abertos revelam flores magníficas, grandes, vermelhas e em forma de estrela, com o centro e os bordos muito peludos. No entanto estas flores exalam odor desagradável que atrai as moscas, seus polinizadores, e os besouros. A floração se estende do final do verão ao outono.

A flor-estrela é uma planta ideal para jardins-de-pedra, combinada com outras suculentas e cactos. Pode ser plantada em vasos e jardineiras também. Devem ser cultivadas sob sol pleno, em solo fértil, leve, bem drenável e enriquecido com matéria orgânica, com regas regulares. Tolera a sombra parcial e o frio subtropical. Em países de clima temperado necessita passar o inverno rigoroso em casas de vegetação. O replantio bienal dá novo vigor à planta. Multiplica-se por sementes, divisão da touceira e por estaquia das hastes suculentas.

Marcado com:
Categorias: Diretório de Plantas
Receba o Jardineiro.net no seu e-mail!


Ajude este site. Vote!
Eventos
  • 6ª Feira de Flores da Paraíba

    [caption id="attachment_15916" align="aligncenter" width="500"] Foto de Naoki Takehara[/caption]O Governo do Estado, por meio da Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa), promove de quinta-feira (8) a sábado (10) a 6ª edição da Feira de…
  • Exposição Sul-Brasileira de Orquídeas e Plantas Ornamentais

    [caption id="attachment_15913" align="aligncenter" width="500"] Foto de Virginia Sanderson[/caption] A Exposição Sul-Brasileira de Orquídeas e Plantas Ornamentais volta a ser realizada em Jaraguá do Sul. A Adori - Associação de Orquidofilia do Itapocu marcou a mostra…