Sibipiruna – Caesalpinia peltophoroides

A sibipiruna é uma árvore semidecídua, de rápido crescimento e florescimento ornamental. Nativa da mata atlântica, ela é uma espécie pioneira ou secundária inicial, ou seja é uma das primeiras espécies a surgir em uma área degradada. Seu porte é alto, podendo atingir de 8 a 25 m de altura. O tronco é cinzento e se torna escamoso com o tempo, seu diâmetro é de 30 a 40 cm. A copa é arredondada, ampla, com cerca de 15 m de diâmetro. Suas folhas são compostas, bipinadas, com folíolos elípticos e verdes. No inverno ocorre uma queda quase total das folhas, que voltam a brotar na primavera.

A floração ocorre de setembro a novembro, despontando inflorescências eretas e cônicas, do tipo espiga e com numerosas flores amarelas que abrem gradativamente da base em direção ao ápice. Os frutos que se seguem são do tipo legume, achatados, pretos quando maduros e contêm cerca de 3 a 5 sementes beges, também achatadas, em forma de gota ou elípticas. A dispersão ocorre pela ação do vento.

De excelente efeito paisagístico, a sibipiruna fornece uma sombra fresca e floração exuberante. Apesar do porte grande e desenvolvimento rápido, ela é comportada e não produz raízes agressivas, desta forma é boa opção para arborização urbana, na ornamentação de vias públicas, praças e até mesmo em calçamentos. Por suas características ecológicas e facilidade de germinação a sibipiruna também é uma espécie de eleição para reflorestamentos. Devido às semelhanças físicas é por vezes confundida com o pau-ferro e com o pau-brasil.

Deve ser cultivada sob sol pleno, em qualquer tipo de solo, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente no primeiro ano após o plantio. É uma espécie longeva, se comparada a outras espécies pioneiras. Se bem cuidada e em ambiente propício pode chegar aos 100 anos. Multiplica-se facilmente por sementes. As mudas destinadas para arborização urbana devem ser plantadas em covas bem preparadas e quando já estiverem bem desenvolvidas.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

8 comments on “Sibipiruna – Caesalpinia peltophoroides

  1. Parabéns pela explicação. Fui pesquisar sobre a árvore pau brasil, pois não conheço esta árvore pessoalmente, e realmente olhando pela tela do computador, a sibipiruna é muito parecida como o pau brasil (quando a sibipiruna está sem as flores). Saudades dos primeiros prefeitos da cidade de Paulinia que plantavam a Sibipiruna. Atualmente os últimos prefeitos da cidade só plantaram palmeira (s) imperial.

  2. a sibipiruna na minha cidade de Nova Friburgo, nas montanhas do Estado do Rio de Janeiro, anuncia, com seus pequenos candelabros amarelos e marrons (nesta cor quando vai envelhecendo)a chegada da primavera!!! A passarada se diverte comendo pólen – que é ótimo para a garganta e por isso, aqui, eles cantam tão bem. O nosso Rio São João das Bengalas tem toda uma ala de sibipirunas – estão lindas neste momento.

  3. Olá Raquel! Visitei seu site para tirar uma dúvida sobre a Sibipiruna: plantei duas mudas no meses de fevereiro deste ano e no decorrer do ano elas se desenvolveram muito bem, com bastante vigor. Elas foram plantadas no Recôncavo Baiano, próximo ao semiárido. Ocorre que nas duas últimas semanas, as folha caíram quase que totalmente. Na região, não chove a mais ou menos 20 dias. Segundo seus comentários sobre as características dessa planta, no inverno ela costuma perder as folhas. Porém, já estamos na primavera. Isso é normal ou se trata de alguma doença?

  4. Olá Raquel,
    Há mais ou menos dois anos comprei uma muda de sibipiruna para plantar no meu jardim, porém acho que ela não está se desenvolvendo o suficiente. A área plantada foi aterrada com barro (eram lotes para construção de casas), porém hoje é jardim (grama) e foi colocado cerca de 10 cm de terra preta. Após as fortes chuvas que ocorreram no Nordeste (moro em Maceió-AL) a partir de maio/17, uma grande parte das folhas da planta caiu e hoje se observa que em um lado dela o caule está exposto e praticamente sem folhas. desde novembro, mensalmente ao fazer a manutenção do jardim colocamos um pouco de NPK (10 10 10), porém também não está surtindo efeito. Gostaria da ajuda de vocês e caso tenham um e-mail, posso enviar fotos da planta.

  5. Aqui em Uberlândia, as sibipirunas do meu bairro estão morrendo, várias já secaram totalmente…parece que é algum fungo que está dando na casca do tronco…alguém por favor poderia me dar uma luz de como resolver isso?

  6. oi bom dia sera q vc pode ser mais objetiva em seu comentario colocando a data para o plantio como se reproduz mudas e a melhor e poca para o transplante das mudas ficria muito grato

  7. Meu nome é André Bertoldi sou de Marilândia ES, plantei um pé de sibipiruna no meu quintal está fazendo 2 anos estava coisa mais linda quando derrepente começou a cecar todas as folhas. Gostaria de saber se ela está sob um processo de adormecimento ou se está morrendo? Aguardo resposta

  8. Tenho várias sibipiruna na minha Chacara e não entendo o que está acontecendo… Este ano ela floresceu em maio e as folhas estão caindo agora em setembro. Gostaria de ter uma explicação.

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.