Resedá – Lagerstroemia indica

Perfeita para as calçadas, o resedá é uma arvoreta que não possui raízes agressivas, além de ter um belo florescimento. Suas folhas são elípticas, com bordas onduladas. O tronco é muito belo, liso, de tons claros, marmorizado. Seu porte chega a 6 metros de altura. As inflorescências, formadas ainda no inverno, contém inúmeras flores crespas de coloração rosa, branca, roxa ou vermelha, de acordo com a variedade.

Devem ser cultivadas sob sol pleno em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e regada a intervalos regulares. Apesar de bastante rústica, é interessante realizar podas de limpeza, removendo ramos emaranhados e doentes, além das flores murchas. A forma natural da planta é bonita, mas é frequente o uso de podas de formação, para transforma-lá em arbusto ou arvoreta com copa redonda e compacta. Resistente à poluição urbana. Multiplica-se por estacas e sementes.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

10 comments on “Resedá – Lagerstroemia indica

  1. Estou com uma Resedá branca plantada na calçada em frente à minha casa. Ela está com 2 m mais ou menos e está linda, cheia de boquezinhos de flores. Está um tanto irregular, acho que precisa de uma poda e tb de adubo. Ainda não sei bem como lidar com ela, mas preciso aprender, pois sei que ficará maravilhosa.

  2. Planta maravilhosa, boa para calçadas e de pequeno porte , e bem florida , onde dar uma estética melhor para as cidades .

  3. Caros amigos,

    Há três anos, plantei um Resedá na calçada de minha casa. Na época, estava com um metro de altura, hoje tem quase três metros e é uma árvore saudável, bonita e recebe podas regulares.

    Porém, tenho um sério problema: uma infinidade de galhos brotam de sua base (da altura do contato do caule com o solo), formando verdadeira toceira de galhos de resedá! Apesar de eu cortar bem rente ao solo, elas insistem em crescer novamente, deixando um aspecto muito feio.

    Existe alguma forma de eliminar definitivamente os galhos que brotam da base? Ou seria apenas arrancando a árvore inteira?

    Certo de poder contar com o auxílio de vocês, agradeço imensamente!

  4. O resedá é um arbusto por natureza! Esses ramos sempre vão brotar da base, e essa poda faz parte da manutenção dele como arvoreta. Mas a floração e o caule são tão bonitos que faz valer à pena.

  5. Olá Celina, o resedá não precisa de muito tempo para florescer. Mas demora um tempo para se adaptar ao novo local, e não florescerá enquanto não estiver bem adaptado. Vá cuidando da muda com carinho, boa irrigação e fertilizantes que logo ela florescerá.

  6. Plantei na calçada no verão uma muda de uns 2m altura mas fininha e com poucas folhas. No primeiro mês ela pareceu estar adaptada teve brotos de folhas novas, pouco, mas teve. Hoje em dia não sei dizer se ela está viva, não teve nenhuma folha nova e as que tinham estão com coloração e textura de folhas secas. Não sei oq fazer. Já coloquei cascas de banana, casca ovo, por último coloquei np4 10,10,10, húmus de minhoca e calcário, tudo na volta, não muito próximo ao tronco. Moro em local praiano, no RS. A terra aqui é muito pobre, o lotementp era campo para pasto de gado. A única árvore que mais ou menos está se desenvolvendo bem é a espirradeira e aroeira. O Manaca da serra não avança, folhos com pontos bordô e botões que não abrem. O araça igual. Bergamota também não vingou. E a estremosa está como relatei. Estou muito triste.

  7. Plantei 3 extremosas cerca de 2 anos , no início levou uns 8 meses para desenvolver, a partir de então floresceu e cresceu um pouco , neste outono todas as folhas caíram, cerca de uns 40 dias elas criam folhas, porém caem dois dias depois , sem crescerem , gostaria de saber se isso seria da estação ou está doente?

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.