Jade-vermelha – Mucuna bennettii

A jade-vermelha é uma trepadeira escandente, tropical, vigorosa e de florescimento espetacular. Seu caule é volúvel, ramificado e inicialmente herbáceo, mas gradativamente lignifica, de acordo com a necessidade de suportar a planta. As folhas são trifoliadas, alternas, com folíolos elípticos a ovalados, acuminados, coriáceos e de cor verde brilhante. As inflorescências surgem na primavera e são do tipo rácemo, pendentes, longas e muito vistosas. Elas podem alcançar até um metro de comprimento, com flores que vão se abrindo sucessivamente da base até a ponta. Elas são de cor vermelha brilhante e seu formato lembra o bico de um pássaro. No verão surgem as vagens, pilosas, deiscentes, contendo curiosas sementes que lembram um pequeno hamburguer.

Esta é uma trepadeira muito especial, ainda rara em cultivo, mas que chama muita a atenção durante sua floração. Mesmo sem flores é bastante ornamental, pois a folhagem é densa, vistosa além de produzir uma sombra fresca. Após bem estabelecida, torna-se uma espécie muito rústica. Não precisa de tutoramento e exige pouca manutenção, que consiste em podas para controlar o crescimento. Ideal para valorizar pérgolas, gazebos e caramanchões robustos e grandes, que possam ser apreciados de baixo. Também pode ser plantada ao pé de alguma árvore. De preferência não plantar em vasos, visto que para desenvolver todo seu vigor e beleza, a jade-vermelha, precisa de espaço. Ainda é atrativa para borboletas.

Que tal ganhar dinheiro fazendo o que mais ama?

Jardinagem e Paisagismo

Se você adora estar entre as plantas e sujar as mãos de terra como eu, pode transformar a sua vida agora mesmo através da profissionalização. Seja feliz hoje, não deixe para depois.

Deve ser cultivada sob sol pleno ou meia sombra, em solo fértil, profundo, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Aprecia alta umidade do ar e o calor tropicais. Não tolera o frio invernal ou geadas. Multiplica-se por sementes, que devem ser escarificadas antes do plantio, e também por estaquia e alporquia dos ramos. A germinação ocorre em 30 a 60 dias após a semeadura.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.