Amoreira-negra – Morus nigra

A amoreira é um árvore decídua, cujo fruto, a amora, é apreciado no mundo todo. Seu porte é médio, alcançando de 4 a 12 metros de altura. As folhas são simples, ovadas a cordiformes, cartáceas, de margens serrilhadas ou dentadas e recobertas por uma pilosidade que as torna ásperas ao toque. As mudas podem apresentar folhas lobadas. As inflorescências surgem no final do inverno e são do tipo espiga, pendentes, onde se reúnem flores brancas minúsculas. Os frutos são pequenos aquênios, carnosos e negros quando maduros, reunidos em infrutêscências.

Apesar de ser frutífera, a amoreira não deixa de ser ornamental. Sua copa é ampla, fornecendo sombra fresca no verão e permitindo a passagem de luz no inverno, com a queda das folhas. É perfeita para pequenos pomares domésticos, pois é rústica e não necessita de cuidados especiais para frutificar em abundância. O plantio dessa espécie só não é recomendado para arborização ao longo de ruas e avenidas, assim como estacionamentos, pois a queda do frutos e folhas suja os automóveis e o chão. Por ser facilmente dispersada pelos pássaros, a amoreira-negra pode se tornar invasiva em alguma situações.

Os frutos, ricos em vitamina C, fazem a alegria da criançada e dos passarinhos e ainda se prestam para saborosas geléias, vinhos e licores, assim como uma infinidade de sobremesas. Entre as amoreiras, a espécie M. nigra é a que apresenta frutos mais doces, maiores e de sabor mais pronunciado. Suas folhas são utilizadas na alimentação do bicho-da-seda, embora a amoreira-branca (Morus alba) seja a preferida pelos criadores. Não deve ser confundida com as amoras arbustivas, pertencentes ao gênero Rubus, da família Rosaceae.

Deve ser cultivada sob sol pleno, em solo fértil, profundo, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente no primeiro ano de implantação. Apesar de ser originária de clima temperado, a amoreira se adapta bem ao clima tropical e subtropical. Adubações anuais com esterco de curral curtido e podas de limpeza estimulam frutificações abundantes. Não tolera estiagem prolongada ou ventos fortes. Multiplica-se por sementes e enxertia, mas principalmente por estaquia e mergulhia dos ramos.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

Medicinal:

  • Indicações: afecções da boca e garganta, problemas de estômago, problemas de intestino
  • Propriedades: antinflamatória, adstringente, antioxidante, cicatrizante, expectorante, emoliente, diurética
  • Partes Utilizadas: folhas, frutos, cascas

9 comments on “Amoreira-negra – Morus nigra

  1. Meu nome é Junior e tenho um Sitio em Silvianópolis Mg, plantei lá há uns 15 anos atrás uma amoreira ela está linda e atrai uma grande quantidade de pàssaros. Entre os pássaros observei outro dia uma saíra de sete cores se alimentando dos frutos.

  2. Podem me dizer porque minha amoreira, não frutifica? Só da flores,e depois cai. A parte onde seria para vir o fruto sai umas flores minúsculas e um pólen que parece fumaça no ar.

  3. Tenho uma amoreira em meu jardim, ela frutifica quase o ano todo. No entanto são poucos frutos, por exemplo: preciso de quase um mês para juntar meio quilo. O que devo fazer para melhorar a produção? Sei que com a poda melhora. Moro no litoral sul de Pernambuco. Será clima? ipo de solo?

  4. Posso plantar um pé de amora próximo a um muro de divisa de lotes sem perigo?
    Suas raízes são muito grandes?
    Podem se espalhar por baixo da terra e danificar construções próximas?
    Aguardo resposta.
    Obrigada!

  5. Posso plantar uma amoreira em vaso grande? o local que gostaria de plantar é meio sombreado. escolhi esse local devido os passarinhos (é na minha horta que tem sombrite) . tinha uma amoreira mas tive que arrancar por causa dos passarinhos pois estava manchando a minhas calçadas.

  6. Amoreiras precisam de sol pleno para frutificar, mas podem ser cultivadas em vaso sim. O ideal neste caso é comprar uma muda enxertada. Os passarinhos adoram as frutas. Eu acredito que é um preço baixo a se pagar. Receber esses visitantes ilustres é uma dávida. Tente achar um local ensolarado, mas que não tenha calçada para plantar sua nova amoreira.

  7. Boa tarde Raquel!

    Me mudei para uma casa com uma linda amoreira no quintal, no entanto ela suja o pátio do vizinho pois fica ao lado do muro. Posso replantá-la em outro local sem correr o risco de matar a árvore? Tenho dúvida também quanto suas raízes pois não sei elas podem ser muito profundas.
    Att
    Rogério

  8. Boa tarde, moro em Brasília, podei minha amoreira e pulverizei calda bordalesa. Ela brotou e frutificou bastante, porém as folhas estão com as bordas contorcidas. Mesmo as jovens. O que está acontecendo?

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.