Aromaterapia na sua loja

Aromas e Perfumes
Foto: Ayala Moriel

A aromaterapia tanto pode ser uma ferramenta de diferenciação do seu ambiente de vendas como fonte de novos produtos para revenda na loja.

Para os céticos, basta um simples teste para comprovar a eficácia dos aromas. Os aromas tem ligação com a memória de cada um, ativando o sistema límbico.

Quando inspiramos o odor, as moléculas aromáticas flutuam ate uma espécie de câmara que fica na parte mais alta do nariz. Dali as informações olfativas são levadas para o cérebro para o tal sistema límbico, que é onde estão armazenadas as emoções e os sentimentos e, assim, os aromas acabam despertando reações diversas.

Todo estudo dos cheiros esta baseado nos chamados óleos essenciais, que nada mais são que substancias extraída de flores, folhas, frutos e sementes de plantas, revelando suas propriedades terapêuticas.

Dessa forma é possível empregar a aromaterapia para propósitos mil: os óleos podem ser desde estimulantes e revigorantes até relaxantes e refrescantes, entre outras funções.

Veja a tabela de usos:

  • Bergamota: Antidepressivo e Estimulante
  • Camomila: Relaxante
  • Canela: Estimulante
  • Cardamono: Estimulante
  • Cedro: Relaxante
  • Cipreste: Relaxante
  • Citronela: Relaxante
  • Cravo: Estimulante
  • Gengibre: Relaxante
  • Gerânio: Antidepressivo e Relaxante
  • Grapefruit: Antidepressivo e Relaxante
  • Hortelã: Estimulante
  • Jasmim: Afrodisiaco
  • Laranja: Relaxante
  • Lavanda: Relaxante
  • Limão: Antidepressivo
  • Manjericão: Estimulante
  • Patchouli: Afrodisíaco
  • Pimenta-negra: Antidepressivo
  • Rosa: Afrodisíaco
  • Sândalo: Relaxante
  • Tangerina: Antidepressivo

Fonte: Anuário de Feng Shui – Editora Revista Online

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.