Produção de mudas em garrafas pet

Novas maneiras de reciclar as garrafas pet surgem todos os dias. Neste artigo trataremos dos vasos verticais de garrafa pet. Eles são simples e ideais para a produção de mudas, seja para o jardineiro amador ou para o viveirista profissional.

Os vasos feitos de garrafa pet, podem não ser os mais bonitos, e nem tem este objetivo.

Vaso de garrafa pet com muda de Cananga-do-japão

Vaso de garrafa pet com muda de Cananga-do-japão.
Foto de Aida T. D. Medeiros

Eles no entanto são muito duráveis, baratos e fáceis de fazer e manejar, além é claro de serem ecologicamente corretos. Com capacidade de cerca de 1 litro (quando utilizadas pets de 2 litros), são apropriados para a produção de mudas de diversas espécies de plantas ornamentais, assim como árvores e até mesmo a produção de hortaliças.

Mas e se eu não tomo refrigerantes? Melhor ainda! Como eu, você tem uma alimentação mais saudável, e nestes casos a dica é pedir para amigos e parentes guardarem as garrafas vazias para você. Eles se sentirão felizes em ajudar a reciclar. Minha família não consome refrigerantes regularmente mas tenho sempre garrafas disponíveis devido a esta “corrente do bem”.

Lista de Materiais

Apresentação dos Materiais.
Foto de Aida T. D. Medeiros

Você vai precisar de:

  • garrafas pet vazias, limpas e secas
  • soldador
  • tesoura
  • faca de ponta

Passo a passo
O ideal é fazer as garrafas em série, poupando assim tempo e energia. Junte umas 10 garrafas e mãos à obra!

Primeiramente ligue o soldador na tomada e reserve. O equipamento demora um pouco a aquecer, enquanto isso você ganha tempo.

Corte a garrafa na altura desejada

Corte a garrafa na altura desejada.
Foto de Aida T. D. Medeiros

Corte a garrafa pet um pouco acima da metade. A medida dependerá também do uso que você deseja dar aos vasos. Vasos rasos são bons para mudas de cactos e suculentas, mas a maioria das plantas vai preferir os mais profundos. Para perfurar a garrafa utilize uma faca de ponta, após o primeiro furo dê o acabamento com uma tesoura. Despreze a parte superior.

Encoste a ponta do soldador perpendicularmente no fundo da garrafa, de fora para dentro. O calor, naturalmente irá furar o material, fazendo os furos de drenagem. Não faça força, pois a ponta pode deslizar para os lados e causar acidentes. Esta operação deve ser realizada sempre por adultos. Nunca deixe o soldador ligado ao alcance de crianças ou animais domésticos. Prefira efetuar os furos em local bem ventilado, preferencialmente ao ar livre.

Se não tiver soldador, pode fazer os furos com um faca. Se tiver habilidade, eles ficam muito bons. O problema é fazer muitos vasos com a faca, a mão pode ficar bem dolorida. A furadeira também é uma boa opção, se você tiver uma base para imobilizar as garrafas enquanto fura.

Faça de 5 a 10 furos.

Faça de 5 a 10 furos.
Foto de Aida T. D. Medeiros

Faça cerca de de 5 a 10 furos, distribuídos em todo o fundo do vaso. A drenagem é primordial para o plantio em vasos. Vasos com água empoçada favorecem o rápido apodrecimento das raízes das plantas.

Pronto! Seu vaso foi construído de maneira rápida, econômica e prática. Utilize um bom substrato, aerado e fértil e plante sementes, estacas, mudas obtidas de divisão de touceiras, bulbos, etc. Você pode fazer até uma pequena horta com alface, tomate cereja, pimenta, salsinha, cebolinha, etc. No caso de mudas, na hora de separar o torrão do vaso, por ocasião do plantio definitivo, tenha o cuidado de cortar o plástico com a tesoura se o vaso for do tipo “acinturado”. Se for reta até a base, algumas batidinhas em torno do vaso devem resolver (assim você pode reaproveitar os vasos!).

O vaso pronto, com a muda já transplantada.

O vaso pronto, com a muda já transplantada.
Foto de Aida T. D. Medeiros

Dica: Identificar as plantas é sempre difícil, pois as intempéries se encarregam de destruir as marcas de caneta, lápis, etc. Aproveite e “tatue” com o soldador ou com a faca, a identificação da planta diretamente no vaso de garrafa pet. Um código pequeno e indelével é sempre o ideal.

Raquel Patro é editora do site Jardineiro.net e uma pessoa totalmente fascinada pela natureza, principalmente por plantas e jardins. Criou o site Jardineiro.net para disseminar sua paixão, contagiando novos adeptos e entusiasmando os antigos.

Publicado em Cuidados e Dicas, Hortas e Pomares, Jardinagem Marcado com: , , , ,

Newsletter

Receba grátis as novidades
do Jardineiro.net no seu e-mail

Seja nosso fã

Eventos