Lírio-do-bosque – Trillium erectum

É uma planta herbácea e perene, que pode alcançar 61 cm de altura. As folhas são divididas em três partes iguais, com oito centímetros de largura. As flores apresentam coloração marrom-avermelhada, e algumas vezes têm cores variadas como branco ou verde meio amarelado.

A floração ocorre no meio da primavera até os últimos dias desta estação, e o interessante é que os lírios-do-bosque expelem um odor desagradável. Apesar disso, esta planta tem uso medicinal e é bastante importante, pois era utilizada por tribos de Índios norte-americanos, como a erva que auxiliava na hora dos partos (ameniza a dor), e como tratamento para períodos de menstruação irregulares, e alívios para outros tipos de problemas uterinos.

Devem ser cultivadas à meia-sombra, em solo rico em matéria orgânica, úmido e ácido. Sua origem vem de planaltos meridionais e baixados florestais, mais comuns na América do Norte. Multiplica-se pela por sementes e por divisão das plantas, formando mudas completas com raízes, rizoma e folhas.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

Medicinal:

  • Indicações: parto, regularização menstrual, miomas, próstata
  • Propriedades: regularizador menstrual, atua no chakra pélvico
  • Partes Utilizadas: folhas

Alerta:

Planta tóxica, utilizar sob orientação médica.

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo