Jibóia – Epipremnum pinnatum

A jibóia é uma planta bastante vistosa que tem a habilidade de se apoiar em diversos substratos. Muito comercializada em vasos sobre blocos de substrato, esta planta pode ser uma boa pedida para decorar interiores. Suas folhas são brilhantes e se alteram de acordo com a maturidade da planta, inicialmente são pequenas, sem variegações ou recortes, com o crescimento tornam-se grandes, variegadas e algumas vezes recortadas. É uma das poucas trepadeiras para utilização à meia-sombra.

Para ter uma folhagem sempre bonita e crescimento rápido, deve ser plantada em substrato rico em matéria orgânica e receber regas periódicas. Pode ser cultivada a pleno sol, mas deve-se cuidar ao apoiá-la sobre árvores, pois com o crescimento corre o risco de sufocar a planta suporte. Tipicamente tropical, não tolera geadas e frio intenso. Multiplica-se por estaquia.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

Alerta:

Planta tóxica se ingerida, manter fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

  • Eu tenho esta planta em casa, “roubei” uma mudinha de um consultório de uma dentista, quando meu filho foi em uma consulta. Surrupiei um copinho com água e quebrei um pedacinho de uns 10 cm da planta, e trouxe para minha casa escondido, em 2012. Ficou no copo d’água por umas duas semanas, depois coloquei em uma talha antiga de barro, com terra e hoje está com mais de dois metros de comprimento, linda, e com as folhas enormes. Alegar a minha cozinha, ao lado do bebedouro d’água, que fica no alto, e as ramas ficam dependuradas até quase o chão. Tive que dar umas voltas na planta em volta do vaso, para que não chegasse ao chão. Todos os dias rego com um copo d’água, e li que se você regar toda sexta-feira com água e fumo de corda, um “espírito” que adormece no vegetal é despertado, e este ser sobrenatural irá proteger todos da casa onde a planta vive, de mau olhado e visitas indesejáveis, inclusive ainda de pretendentes, então, se você for solteira, não faça isso, pois poderá ficar solteira enquanto a planta viver em sua casa. E se um dia a planta começar a gotejar orvalho de suas folhas, prepare-se, pois haverá morte na família! Assim reza a lenda. Mas fora isso, é uma planta linda, originária da Oceania.

  • Edson Bouças

    Aqui em casa tem muitas gibóias pelo chão, embaixo de outras plantas e suas folhas são pequenas mas quando eu enrolo uma no tronco de uma árvore em espiral até o alto, ela sobe, suas raízes se agarram no tronco e suas folhas ficam enormes. Já passei algumas de uma árvore para outra, interligando-as; daí vão se criando cordões com novos galhos que ficam pendurados ( mas as folhas não crescem, só as que estão no tronco ).