Jasmim-café – Tabernaemontana divaricata

 Tabernaemontana divaricata,

Foto: Scott Zona

O jasmim-café é um arbusto lenhoso, perenifólio e florífero, nativo da Índia. É bastante ramificado e apresenta folhagem compacta, com folhas grandes, glabras, verde escuras, brilhantes, de formato elíptico e acumidadas. Os ramos tendem a crescer paralelamente ao solo, dando à planta um interessante formato horizontal. Como muitas outras espécies da família Apocynaceae, seus ramos vertem uma seiva leitosa quando partidos. Floresce esporadicamente o ano todo, mas com mais intensidade na primavera, despontando inflorescências em cachos terminais, com flores brancas, perfumadas, pêntameras e cerosas. As flores tem as pétalas levemente torcidas, lembrando um catavento. Ocorre ainda uma variedade de flores dobradas, conhecida como ‘Flore Pleno”.

No paisagismo, o jasmim-café é um arbusto ideal para emoldurar cenários e dividir espaços. Com sua folhagem espessa, pode ser plantado isolado, em conjunto com outras espécies, mas especialmente em renques, formando cercas-vivas informais ou formais, de acordo com o estilo do jardim. É usual também conduzi-lo como arvoreta, com tronco único. Apresenta baixa manutenção que se restringe a adubações semestrais e podas anuais, que lhe garantem a forma e simetria. Também pode ser plantado em vasos, adornando pátios e varandas.

Deve ser cultivado sob sol pleno ou meia sombra, em solo fértil, profundo, drenável e irrigado regularmente no primeiro ano de implantação. Aprecia o clima tropical e deve ser resguardado do frio intenso ou geadas. Não tolera longos períodos de estiagem, mas pode resistir à salinidade de áreas litorâneas. Em regiões de clima temperado pode ser conduzido em estufas. Para um arbusto mais compacto, cultive sob sol pleno e faça podas anuais de formação. Multiplica-se por estaquia dos ramos e por sementes.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

Medicinal:

  • Indicações: Picadas de cobra e escorpião, Hipertensão, Dor de cabeça, Piolhos, Sarna, Verminoses, Caries, Febre, Úlceras nasais, Afecções oculares, Cálculo renal, Lombalgia, Diarréia
  • Propriedades: Hipotensivo, Analgésico, Depurativo, Pesticida, Anti-helmíntico, Anti-pirético, Adstringente
  • Partes Utilizadas: Raízes, folhas e flores

Alerta:

Todas as partes da planta são tóxicas. Manejar com cuidado e manter longe do alcance de crianças pequenas e animais domésticos. Para uso medicinal utilizar somente sob estrita orientação médica.

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo