Hortelã – Mentha sp

Chamamos de hortelã, as espécies do gênero Mentha e seus híbridos sendo que as mais cultivadas são a Mentha arvensis e a híbrida Mentha x piperita. A hortelã é uma erva mundialmente conhecida e largamente utilizada na indústria farmacêutica, cosmética e de alimentos, seja como planta medicinal ou como aromatizante. As folhas são oval-lanceoladas e serrilhadas, de cor verde a arroxeada, um tanto pilosas e têm um forte aroma refrescante. De seu óleo essencial se extrai o mentol. As flores são numerosas e roxas e se apresentam em inflorescências terminais do tipo espiga.

É indispensável na Culinária Árabe, temperando diversos pratos, como esfihas, quibe e tabule. A aplicação da hortelã na culinária contemporânea também aumenta a cada dia em combinações inusitadas e saborosas, como sorvetes, sucos, drinques e doces. As hortas domésticas merecem esta valiosa plantinha, que tem diversas utilizações, seja na medicina popular, seja na cozinha. É contra-indicada para crianças pequenas e mulheres grávidas e lactantes.

Seu cultivo é fácil, pois ela é muito rústica. O solo deve ser fértil e enriquecido com matéria orgânica para uma boa produção. As regas devem ser regulares, deixando o solo permanentemente úmido, porém sem encharcamento. Tolera geadas. Multiplica-se facilmente por rizomas, sementes e divisão da planta.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

Medicinal:

  • Indicações: alterações gastro-intestinais, mau-hálito, verminoses, problemas respiratórios
  • Propriedades: analgésica, expectorante, anti-helmíntica, descongestionante, anti-séptico, antiinflamatória, anti-espasmódica
  • Partes Utilizadas: folhas

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo