Goji – Lycium barbarum

 Lycium barbarum, Bagas-de-goji, Goji berry, Lício da Barbária, Wolfberry

Foto: Paul144

Goji ou goji berry é o nome comum do fruto das espécies relacionadas Lycium barbarum e L. chinense. O goji é um arbusto decíduo e frutífero, que pertence à família das solanáceas (a mesma do tomate e da batata), e é muito popular na China, por ser um alimento saboroso e funcional, considerado até mesmo como remédio. Atualmente o goji vem ganhando apreciadores no mundo todo com a difusão da cultura oriental no Ocidente.

O goji apresenta caule ramificado, com ramagem esparsa, espinhosa, e textura inicialmente herbácea, que vai gradualmente lignificando com o tempo. Seu porte varia de 1 a 4 metros de altura, mas geralmente não ultrapassa 2 metros. As folhas são lanceoladas a ovaladas, verdes, mebranáceas, e podem ser solitárias e alternas ou fasciculadas e em grupos de até três folhas. As flores são hermafroditas, axilares e crescem no verão, em grupos de 1 a 3, apresentando cálice campanulado e corola em formato de funil, de cor roxa. Os frutos surgem no outono e são pequenas bagas oblongas ou ovóides, vermelhas e com cerca de 6 a 16 sementes marrons.

No paisagismo, o goji presta-se como arbusto isolado ou em grupos, sendo interessante para a formação de cercas vivas. Pode ser plantado em vasos e, se lhe for oferecido suporte e amarração, pode ser conduzido como trepadeira. As podas, realizadas após a frutificação, renovam a folhagem e estimulam a formação de um arbusto mais compacto e cheio. É uma espécie interessante para atrair passarinhos, que avidamente devoram os frutos saborosos. Na culinária pode ser consumido de diversas formas, sendo a mais comum, como fruto desidratado, de forma semelhante a uvas passas, podendo ser misturado ao iogurte ou aos cereais matinais. Seu sabor lembra o tomate, a cereja e a uva passa, com um toque de nozes. Ele pode, no entanto, ser consumido fresco, em sucos, geléias, licores, vinhos e até em pratos salgados, com frango, porco, legumes, sopas, saladas, molhos e arroz. As folhas são utilizadas como salada e no preparo de infusões. O goji é uma fruta muito nutritiva e carregada de vitaminas, fibras, minerais e antioxidantes naturais, como Vitamina C e flavonóides. Na China, o consumo diário da fruta está relacionado com uma vida longa e saudável.

A colheita do goji deve ser cuidadosa. Os frutos são sensíveis e amassam com facilidade. A desidratação pode ser realizada ao sol. Cuidado: Há relatos de alteração dos níveis de coagulação sanguínea em pessoas idosas que ingeriram o chá. Não utilize como fitoterápico sem o conhecimento do seu médico. Há suspeita também de que o fruto verde seja tóxico. Consuma sempre bem maduro.

Deve ser cultivado sob sol pleno, em solo fértil, levemente alcalino, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Aprecia climas quentes e secos, mas é capaz de se adaptar a ambientes úmidos. Apesar de tolerar o frio, é interessante seu cultivo em estufas no inverno rigoroso de locais temperados. A frutificação inicia-se cerca de 1 a 3 anos após o plantio. Multiplica-se por estaquia de ramos lenhosos e por sementes que germinam com facilidade.

Medicinal:

  • Indicações: afecções da visão, afecções do fígado, envelhecimento, impotência sexual, alterações da prostata, doenças cardiovasculares, inflamações, infecções, fraqueza geral, degeneração muscular, glaucoma, anemia, câncer, infertilidade, colesterol alto
  • Propriedades: tônico geral, fortificante, antioxidante, antiinflamatório, imunoestimulante, antienvelhecimento, imunomodulador, neuroprotetor, anticâncer, antibiótico, sedativo, anti-anêmico, protetor hepático, protetor vascular
  • Partes Utilizadas: frutos, folhas, raízes, cascas do caule

Alerta:

Todas as partes da planta podem conter substâncias tóxicas. Há relatos de alteração dos níveis de coagulação sanguínea em pessoas que ingeriram a planta ou seu chá. Não utilize como medicamento sem o conhecimento do seu médico.

Raquel Patro é editora do site Jardineiro.net e uma pessoa totalmente fascinada pela natureza, principalmente por plantas e jardins. Criou o site Jardineiro.net para disseminar sua paixão, contagiando novos adeptos e entusiasmando os antigos.

Publicado em Diretório de Plantas Marcado com:

Newsletter

Receba grátis as novidades
do Jardineiro.net no seu e-mail

Seja nosso fã

  • II Festival de Orquídeas de Indaiatuba
    06/11/2014 - 16/11/2014 Entre os dias 6 e 16 de novembro, o Polo Shopping de Indaiatuba será palco do II Festival de Orquídeas. A exposição, que tem entrada franca, trará mais de 2... Indaiatuba - São Paulo
  • Dia do Orquidófilo
    22/06/2014 Comemora-se hoje no Brasil o Dia do Orquidófilo. A escolha dessa data é uma homenagem a João Barbosa Rodrigues, que nasceu a 22 de junho de 1842, em São Gonçalo... Todo Brasil -