Bálsamo – Sedum dendroideum

Compartilhe:

O bálsamo é uma planta suculenta, largamente conhecida por suas qualidades ornamentais e medicinais. Seu caule é ramificado, de textura herbácea e porte subarbustivo, geralmente entre 30 a 90 centímetros de altura. As folhas são carnosas, glabras, brilhantes, de formato espatulado a ovado, recurvadas para cima, de cor verde a bronzeada e dispostas em rosetas nas extremidades dos ramos. As inflorescências surgem no outono e inverno, são do tipo panícula, terminais e compostas por pequenas e abundantes flores amarelas, pentâmeras e bastante decorativas.

No paisagismo, o bálsamo pode ser aproveitado isolado ou em grupos, formando assim maciços ou bordaduras informais em jardins contemporâneos, desérticos ou pedregosos. Versátil, também pode ser plantado em vasos e jardineiras, adornando varandas, pátios e sacadas. Por suas propriedades medicinais cicatrizantes, o bálsamo é uma espécie interessante para compor a horta doméstica. É ainda uma excelente opção para o jardineiro iniciante ou “esquecido”, pela facilidade de cultivo, baixa manutenção e rusticidade.

Deve ser cultivado sob sol pleno ou meia-sombra, em solo fértil, preferencialmente arenoso, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado semanalmente na primavera e verão, e mensalmente no inverno. Por ser uma planta suculenta, o bálsamo é muito resistente a estiagem, no entanto, é bastante sensível ao encharcamento que provoca o apodrecimento das raízes. Tolerante a geadas. Multiplica-se por estaquia dos ramos e folhas, e por separação das brotações laterais.

Compartilhe:

Medicinal:

  • Indicações: ferimentos, queimaduras, inflamações da pele, contusões, ulceras, gastrites
  • Propriedades: cicatrizante, antiinflamatória, emoliente
  • Partes Utilizadas: folhas frescas

Alerta:

Utilizar sob orientação médica

2 comentários sobre “Bálsamo – Sedum dendroideum
  1. Edson disse:

    Bálsamo, sensacional!

    Uso folhas de bálsamo como cicatrizante e anti-inflamatorio, o resultado é eficácia é impressionante. Sensacional.
  2. Renata Garcia disse:

    Cura da Gastrite

    Sobre as propriedades medicinais, o que posso dizer é que tive gastrite aos 23 anos de idade. Me disseram pra mastigar umas três folhinhas por dia do bálsamo. Fiz isso. Foi o melhor remédio. Estou hoje com 43 anos. Nunca mais tive gastrite. Fiz endoscopia muitas vezes e graças a essa planta, não constou mais nada nos exames.

Conte-nos sobre sua experiência com esta espécie

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Publicado em Diretório de Plantas Marcado com:

Newsletter

Receba grátis as novidades
do Jardineiro.net no seu e-mail

Seja nosso fã

Visite o perfil de Jardineiro.net no Pinterest.