Asplênio – Asplenium nidus

Com folhas inteiras, que nascem enroladas e tornam-se grandes e de textura coriácea, o asplênio é uma planta epífita, isto é, desenvolve-se sobre outras plantas. No entanto, pode ser cultivada em vasos e canteiros, desde que em locais sombreados.

Fica muito bem se utilizada em vasos para interiores. Pode-se fazer maciços ou composições com outras epífitas em jardins de inverno e exteriores. Apresenta crescimento lento, sendo que sua altura geralmente varia de 20 a 90 cm.

Deve ser cultivado sob abundante luz difusa, em substrato rico em matéria orgânica, drenável, mas com boa capacidade de retenção de água, como fibra de coco, e irrigado freqüentemente. Aprecia o calor e a umidade ambiental. O asplênio não resiste ao frio e à insolação direta. Multiplica-se por esporos e por divisão da planta, preservando a estrutura completa da planta nas mudas, com folhas e raízes.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo