O Jardim em Azul

falso-íris
Falso-Íris

Continuando nossos projetos de jardins, falaremos sobre a cor azul no jardim. Alguns anos atrás, era muito difícil conseguir plantas que tivessem flores azuis, as poucas disponíveis eram centáureas (Centaurea cianum), tumbérgias (Thunbergia grandiflora), saudade (Scabiosa sp ) e poucas mais. Com a entrada de plantas oriundas de outros países temos agora uma profusa oferta de plantas com flores desta cor. Seu uso no jardim deve ser estudado com cuidado para torná-lo belo e surpreendente.

A cor azul, segundo a teoria das cores, é uma das cores primárias assim como o amarelo e o vermelho. Suas cores suplementares no disco são o verde e o violeta, ambas as combinações do azul com o amarelo e o vermelho, respectivamente. Seu oposto complementar é o laranja e suas gamas encadeadas que vão do amarelo escuro ao quase vermelho. Mas o que interessa isto para quem planeja o jardim, como aplicar este antigo conhecimento escolar nas plantas?

Como dissemos, a cor azul é suplementar ao verde, a colocação de plantas de folhagem azuladas no jardim, terá um acento interessante, como as coníferas de folhas azuladas, como o junípero-rasteiro (Juniperus horizontales). Verdes escuros, verdes claros, verde variegado, verdes azulados em tamanhos, formas e textura de folhas, fazem o maciço verde do jardim. E as flores? Flores azuis, do mais claro ao quase roxo, continuam sendo suplementares do verde e, portanto não há surpresas, contrastes, mas harmonia e descanso visual. E monotonia. Sem espetáculo.

Ah, mas então não podemos usar flores azuis? Claro, com certeza, mas vamos surpreender o espectador, usar flores brancas, diversos tons de azuis até o roxo, e colocar esparsas pelo jardim plantas com flores em laranja, amarelo forte, algumas púrpuras. Se o jardim é pequeno, colocar um vaso, no chão ou pendente, com anuais de estação, que poderão ser trocadas por outras, energizando o jardim com sua cor. 

E assim poderemos planejar o jardim, com as plantas que terão formas, textura e cor de folhagem a maior parte do ano, com inserções de plantas que florescem em estações diferentes e brindam ao visitante com o espetáculo colorido de suas flores.

Sugestão de Espécies:

  • Jacarandá (Jacaranda mimoseifolia) – Árvore, florescimento final da primavera início de verão.
  • Quaresmeira (Tibouchina sp)Arbusto de flores azuis, rosa lilás, roxas, florescimento no outono.
  • Falso-íris (Neomarica caerulea) – Flores azuis, brancas, florescimento da primavera ao outono.
  • Hortênsia (Hydrangea sp) – Arbusto, flores rosas, avermelhadas e diversos tons de azuis, florescimento no início do verão até o início do outono.
  • Lobélia (Lobelia sp) – Herbácea rasteira de cobertura vegetal e bordadura, florescimento da primavera ao fina do verão.
  • Agapanto (Agapanthus africanus) – Herbácea de flores brancas de vários tons de azul, florescimento no verão, ótimo para bordas de lagos e depressões do terreno.
  • Glicínia (Wisteria sinensis) – Trepadeira com belas flores em branco e lilás em cachos pendentes, floresce na primavera.
  • Tumbérgia-azul (Thunbergia grandiflora) – Trepadeira de flores brancas ou azul-violeta em forma de sino, floresce na primavera – verão.
  • Anchusa (Anchusa sp) – Herbácea rasteira para cobertura vegetal e bordadura, também para jardins rochosos, floresce na primavera.

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo