Glossário

Compartilhe:
  • M  (continua)

  • Mata ciliar

    É a vegetação que acompanha as margens dos cursos de água (rios e lagos), também conhecida como floresta ciliar.

  • Mata de galeria

    Corredor fechado formado por vegetação densa, composta de árvores altas e de grandes copas encontrada no fundo dos vales e que serve de proteção para os cursos de água.

  • Matéria orgânica

    Matéria de origem animal, vegetal ou microbiana, viva ou morta em qualquer estado de conservação, passível de decomposição.

  • Mato

    Vegetação, geralmente sem valor comercial, que se desenvolve espontaneamente em área não cultivada ou abandonada após a colheita, formada por espécies arbustivas e gramíneas. Erva invasora que prejudica o desenvolvimento de uma cultura.

  • Matriz

    Exemplar de uma determinada espécie, utilizado para reprodução, visando ao melhoramento da espécie e/ou aumento da população. Normalmente é selecionada por suas características genéticas e/ou pela possibilidade de transmiti-las a outras gerações.

  • Medula

    Parte central ou âmago do fuste formado por tecido primário e circundado por camadas de crescimento. Porção parenquimatosa e central do caule, e às vezes da raiz, das plantas superiores, típica da estrutura primária.

  • Meiose

    Processo de divisão pelo qual as células-filhas têm metade dos cromossomos da célula-mãe.

  • Melhoramento

    Técnica utilizada para modificar o padrão genético de um organismo com finalidade de torná-lo mais adequado ao uso.

  • Melípona

    Gênero de insetos himenópteros, meliponídeos, que habitam a América tropical, e que compreende pequenas abelhas com ferrão apenas vestigial, sem função. Também conhecida por abelha sem ferrão.

  • Membranácea

    Folha delgada, flexível e maleável. Como uma membrana.

  • Mergulhia

    Tipo de propagação vegetativa na qual a parte de um galho é coberta por terra sem se desligar da planta matriz. A muda só é separada após criação das raízes.

  • Meristema

    Tecido embrionário, indiferenciado, caracterizado pela ativa divisão de seus elementos, responsável pela produção das novas células necessárias ao crescimento da planta encontrado principalmente na ponta da raiz, das folhas e no início do caule.

  • Micélio

    Talo dos fungos, composto de filamentos, ditos hifas, destituídos de clorofila. As hifas constituem uma trama que representa o corpo vegetativo dos fungos, podendo este ser microscópico ou, como nas orelhas-de-pau, alcançar importantes dimensões.

  • Micorriza

    É a associação simbiótica entre os fungos e as raízes que facilita a assimilação pelas plantas de minerais como o nitrogênio e outros.

  • Micronutrientes

    São elementos de grande importância não só pelo papel que representam na nutrição, mas também no aumento das defesas e resistência das plantas, são nutrientes que as plantas consomem em menor quantidade, porém de grande importância para o seu esenvolvimento. Os mais importantes são: Boro (B), Molibdênio (Mo), Zinco (Zn), Ferro (Fe) e Cobre (Cu).

  • Micropropagação

    Técnica de clonagem também conhecida como micropropagação in vitro, utilizada para reprodução de seres vivos em laboratórios, especialmente vegetais. Esta técnica possibilita a reprodução de um grande número de mudas em pequenos espaços. Utiliza como meio de cultura compostos ricos em micro e macronutrientes e, em alguns casos, hormônio sintéticos ou naturais para estimular a formação de raízes e o crescimento das plantas. As mudas obtidas por este processo geralmente são livres de fontes de contaminação de pragas e doenças por serem submetidas a rígidos controles fitossanitários.

  • Míldio

    Doença das videiras, causada por fungos, que atacam os órgãos verdes, sobretudo as folhas.

  • Mineralização

    Processo de transformação de matéria orgânica em substâncias inorgânicas, que ocorre no solo, geralmente de forma lenta, a partir do qual retornam ao solo os nutrientes retirados pelas plantas.

  • Minhocário

    Local onde se cria minhocas para produzir húmus utilizado como fertilizante do solo.

  • Miniestaquia

    Processo que integra a silvicultura de precisão que consiste na técnica de utilizar brotações de plantas propagadas pelo método de estaquia convencional, como fontes de propágulos vegetativos. É uma técnica bastante eficiente para atender o processo de produção em quantidade de mudas de diversas espécies.

  • Mitose

    Processo mediante o qual o material genético é duplicado com precisão, gerando dois novos conjuntos de cromossomos iguais ao original.

  • Mobilização

    Operação de preparação do terreno que temcomo objetivo o arejamento das camadas superiores do solo, favorecendo a penetração das raízes das novas plantas e permitindo melhor infiltração e armazenamento de água.

  • Molibdênio

    Micronutriente que melhora o desenvolvimento das raízes e ajuda na fixação de nitrogênio por bactéria nas plantas e, em conjunto com outros nutrientes, ajuda a formação das proteínas.

  • Monda

    Ato de arrancar as ervas invasoras que crescem entre as plantas cultivadas. Corte os ramos secos ou supérfluos; desramar.

  • Monóica

    Denominação para plantas que apresentam órgãos sexuais dos dois sexos em um único indivíduo. Estas plantas são naturalmente hermafroditas. Mas, apesar do mesmo indivíduo produzir gâmetas dos dois sexos, muitas plantas não são capazes de se auto-fecundar, exigindo a união de gametas de dois indivíduos diferentes para produzir sementes férteis. Ex.: Orquídea.

  • Mucilagem

    É uma secreção rica em polissacarídeos. Retém a água aumentando de volume. Encontra-se, em alta concentração, em raízes aquáticas para sua proteção, envolvendo algumas sementes, etc.

  • Multiplicação

    Ver propagação.

  • Muro de arrimo

    Obra de contenção construída no pé de um talude para escorá-lo e evitar seu escorregamento. Também conhecido por muro de gravidade, estas obras atuam basicamente em função de seu peso.

  • Mutação

    Qualquer alteração no genótipo de um organismo, que ocorre no nível do gene (DNA), cromossomo ou genoma. As mutações dão origem a um novo material ou organismos.

  • N

  • Nascedio

    Fase dos cinco primeiros anos de desenvolvimento de um povoamento regular, caracterizada pela competição entre as plantas jovens e a vegetação herbácea e arbustiva existente, visando assegurar o desenvolvimento pretendido da árvore.

  • Nativa

    Ver autóctone.

  • Necrose

    Degeneração e morte de células associadas com a descoloração ou desidratação dos tecidos de um ser vivo resultante da ação de agentes bióticos ou abióticos.

  • Néctar

    Solução adocicada secretada pelas flores das plantas para atrair agentes polinizadores como insetos, pequenos pássaros, entre outros.

  • Nectário

    É toda glândula em um organismo vegetal a princípio capaz de produzir e secretar néctar. São comuns nectários em flores, oferecendo uma fonte de líqüido e carboidratos a animais, que assim podem atuar na polinização das plantas, mas também ocorrem nectários em diversos outros órgãos, com as mais diferentes finalidades. Sinonímia: Glândula nectarífera.

  • Nematóide

    Organismo parasita de forma cilíndrica que ataca as raízes das plantas, principalmente as espécies folhosas.

Compartilhe:

Newsletter

Receba grátis as novidades
do Jardineiro.net no seu e-mail

Seja nosso fã

Visite o perfil de Jardineiro.net no Pinterest.