11. Planejando seu jardim: As árvores

O ipê é uma bela árvore decídua, com floração espetacular. Foto  Christoph Diewald
O ipê é uma bela árvore decídua, com floração espetacular. Foto Christoph Diewald
As árvores, sejam elas perenifólias ou decíduas, ajudam a colocar a casa e o entorno na escala apropriada. Elas devem ser plantadas onde irão ressaltar a aparência da sua casa, assim como onde proverão sombra fresca no verão e uma boa barreira de proteção contra os ventos. Com frequência as árvores são utilizadas para emoldurar uma bela vista ou para cobrir uma que não seja muito agradável.

O Abricó-de-macaco é uma árvore frequentemente utilizada como ponto focal, pela bela e curiosa floração e frutificação. Mas os frutos caídos atraem insetos e provocam mal cheiro. Leve isso em consideração ao conduzi-la próximo à residência. Foto de Santa Rosa
O Abricó-de-macaco é uma árvore frequentemente utilizada como ponto focal, pela bela e curiosa floração e frutificação. Mas os frutos caídos atraem insetos e provocam mal cheiro. Leve isso em consideração ao conduzi-la próximo à residência. Foto de Santa Rosa
Uma variedade de árvores pequenas a médias podem ser utilizadas como uma planta de destaque. Você pode basear a sua escolha na combinação das características visuais da espécies, incluindo a cor, o perfume e a textura das folhas, flores, ramos, tronco e frutos. Árvores frutíferas podem se tornar um interessante ponto focal, mas lembre-se que elas podem produzir um tanto de sujeira por ocasião da queda dos frutos e requerem pulverizações e cuidados constantes para a prevenção e controle de pragas e doenças.

Considere plantar diversos tipos de árvores para minimizar o risco de pragas e doenças. Mas não abuse desse recurso, pois muitos tipos diferentes de árvores ocasionam a perda da unidade do seu paisagismo. Uma harmonização, utilizando-se do plantio de diversos representantes de diversos tipos de árvore, garantem o controle de pragas e doenças e a unidade no design do jardim.

As árvores podem emoldurar ou esconder uma vista da janela, como neste exemplo. Foto de Rosi
As árvores podem emoldurar ou esconder uma vista da janela, como neste exemplo. Foto de Rosi
Plante árvores de sombra com espaçamento de 10 metros entre elas. Ou, para um aspecto mais natural, do tipo bosque, varie o espaçamento entre 2 e 15 metros, de acordo com a espécie e a projeção de sua copa. Para obter o melhor padrão de sombreamento e prevenir danos às fundações, plante as árvores a pelo menos 5 metros da casa. Um plantio irregular cria um cenário informal.

Em áreas urbanas, é interessante verificar com a prefeitura, sobre o planejamento de arborização urbana, antes de plantar árvores nas calçadas ou próximo a elas. Dependendo da espécie, ela pode não se enquadrar no paisagismo, ser proibida ou danificar tubulações enterradas por exemplo.

Artigo Anterior: 10. Planejando seu jardim: Forma, Textura e Cor
Próximo Artigo: 12. Planejando seu jardim: Os Arbustos

Se este artigo ajudou você. Então compartilhe este artigo e ajude a divulgar essa informação.

Conte-nos sua experiência sobre o assunto deste artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *